Copa do Mundo: Quem é Casemiro, a ‘salvação’ do segundo jogo da seleção

Publicado em

Na estreia do Brasil na Copa, Casemiro ganhou um apelido: aspirador. Foi Filipe Luís, lateral do Flamengo, que está fazendo as vezes de comentarista do “Sportv”, o responsável. A explicação é que o meio-campista “limpa a sujeira do campo”, o que Mais uma vez pode ser visto na partida desta segunda-feira, 29 de novembro, contra a seleção da Suíça. Detalhe: essa fama não é algo novo. Quando ele jogava no Real Madri, na Espanha, era o “bombeiro”. Nesta segunda-feira, 28 de novembro, ele se tornou o “salvador da pátria”.

Ao longo do jogo, a web bombou de comentários elogioso ao volante, que participou de várias jogadas importantes, marcando o único gol da partida, no segundo tempo.

Com apenas 30 anos, o jogador – chamado também de Carlinhos, Kaisermiro, Casemarra e Casemito – joga atualmente a peso de puto no Manchester, mas despontou no Real Madrid, com dois títulos da Liga dos Campeões no currículo. Com ele, o técnico Zinedine Zidane encontrou o equilíbrio do time, o que deixou Tite impressionado e veio a convocação para a Copa do Catar.

<

DO SÃO PAULO F.C ATÉ ONDE O TALENTO O LEVAR

Carlos Henrique Casimiro, nasceu em 23 de fevereiro de 1992. Natural da cidade paulista de São José dos Campos, o volante titular da seleção brasileira deu os primeiros passos no futebol na Escola de Futebol Moreira, em sua cidade.

Aos dez anos de idade, transferiu-se para o São Paulo F. C., e já nas primeiras participações na base tricolor, deu mostras de que teria um futuro brilhante. Assim que chegou ao clube, o volante contraiu uma hepatite e ficou três meses sem treinar. Sozinho na capital, viveu a angústia de estar longe da família e o medo de ser dispensado pelo clube em sua primeira chance. Mas deu a volta por cima.

Além de um ótimo futebol, Casemiro revelou um caráter irretocável, quando reprovou o próprio empresário, Giuliano Bertolucci, que o aconselhara a entrar em litígio com o time do Morumbi, com vistas à sua liberação para jogar na Europa.

O craque jogou pelo São Paulo de 2010 até 2013, registrando 112 jogos e onze gols assinalados. O estilo clássico de atuar, cheio de técnica e mesclado a um jogo mais duro na marcação, chamou a atenção dos clubes europeus. O Real Madrid chegou primeiro.

TRAUMAS, DORES E LUTA

Desde muito criança, Casemiro sempre teve grandes responsabilidades. Quando tinha apenas três anos deidade, ele viu o pai ir embora de casa e nunca mais voltar. Até hoje este é um assunto que ele prefere não tocar, mesmo com os amigos mais próximos.

<

A mãe, grande parceira e melhor amiga, dona Magda, revelou que apenas recentemente o filho abriu o jogo sobre a lacuna deixada pela figura paterna.

“Ele sempre foi muito quietinho, muito reservado. Faz pouco tempo que ele falou que, quando ia para os jogos, via os pais com os filhos torcendo por eles e pensava. ‘Nossa, porque meu pai não está aqui?’. Eu acho que foi uma época muito difícil. Ele não tinha a presença de um homem, um homem como referência. Era eu, ele, a minha irmã e a minha mãe”, contou D. Magda.

Na adolescência, sem a figura masculina presente, Casemiro virou o chefe da família, sentindo-se responsável pelos irmãos mais novos Lucas e Bianca. Era ele quem cuidava dos mais novos enquanto a mãe trabalhava. Mesmo já estando envolvido com as quatro linhas, Casemiro priorizava as necessidades da família.

Casemiro de touca preta e a mãe, D. Magda
Casemiro e a mãe, D. Magda – Foto: Reprodução/ Instagram @magdacasemiro

NO PORTO, A GRANDE VIRADA

Os tempos difíceis ficaram pra trás quando Casemiro foi negociado com o Real Madrid, em 2013. Lá, disputava posição com Xabi Alonso, Khedira e Modric, o que resultou numa mudança e tanto: ele se permitiu ser emprestado ao Porto para ter mais chances de jogar. Mesmo que isso lhe custasse não voltar a vestir a camisa merengue.

E foi um tiro certeiro! No Porto, o jogador deu a grande guinada na carreira e “determinação” virou palavra de ordem para Casemiro. O Porto não foi campeão da Liga dos Campeões, mas chegou às quartas depois de seis anos tendo o jogador como destaque.

FAMÍLIA ACIMA DE TUDO

Casemiro vive voltado para o trabalho. Mas é na família que ele vê seu porto seguro e encontra forças para ser cada dia melhor. Casado com Anna Mariana, o jogador é pai de Caio, de 1 ano, e Sara, de 6 meses.

A família vive em Madri, mas a cabeça de Casemiro se divide entre a Espanha e São José dos Campos, onde mora a mãe e os dois irmãos. Ele e D. Magda se falam diariamente.

CARETÃO, VICIADO EM ESTATÍSTICAS E FÃ DE ZIDADE

Quando o assunto é o trabalho, o volante faz o tipo “caxias”. Faz treinos extra, tem vício em estatísticas e escuta atentamente cada conselho do técnico e ídolo Zidane. As pessoas mais próximas a Casemiro são unânimes em dizer que a dedicação é o que mais impressiona no atleta.

Além dos treinos no Real, ele montou uma academia em sua casa e faz um trabalho diário com um fisioterapeuta espanhol para acelerar sua recuperação. Não fica parado nem quando está de férias em São José dos Campos. Hoje em dia sua condição física é considerada um de seus pontos fortes.

Nos trinos, costuma chegar mais cedo e sair mais tarde. Vê em Zidane um mestre que ele idolatra desde criança e o ajudou bastante quando era auxiliar.

A dedicação também passa pelos estudos. O jogador tem aulas individuais com um professor de inglês em sua casa em Madri, para que possa se comunicar com os árbitros.

PARÇA DE CRISTIANO RONALDO

Apesar da fama, Casemiro mantém a timidez de infância. Mas cultiva amizade. Virou parça de Cristiano Ronaldo ao ponto de sua mãe do volante já conhece o craque português e até tira onda com as amigas.

“O Cristiano é muito gente boa. Quando fui assistir à final da Champions, voltei no voo com ele. Ele falava comigo toda hora. Eu abracei ele e sem querer passei a mão na barriga dele. Falei: ‘ai, desculpa’. As amigas lá de São José ficaram doidas”, brincou D. Magda.

Leia +: Lanche na cueca? Saiba o que Cristiano Ronaldo comeu!

A mãe do jogador, aliás, acompanha tudo do filho. É tão fã que não deixa de ir a estádios e sempre que pode, está lá.

Casemiro é também o homem de confiança do presidente Florentino Pérez. O mandatário do Real sempre acompanhou de perto os passos do brasileiro e é comum os dois se falarem por telefone.

PAIXÃO POR GAMES

Diferente do parceiro de seleção, Danilo, que prefere fazer yoga a jogar videogame, Casemiro é apaixonado por esse tipo de jogos desde criança. Mesmo após tornar-se atleta de futebol profissional, sempre recorria aos games nas horas livres, especialmente o CS:GO. Ele acabou fazendo da diversão, um negócio, criando a sua própria equipe, a Case Esports.

Fundada há dois anos, a empresa atua em diferentes seguimentos dos games: FIFA, Valorant, CS:GO e LOL. Casemiro explicou que, como CEO do time, ajudou na montagem das equipes, e se mostrou otimista com o futuro.

“As equipes foram montadas em conjunto com o meu manager, Carlos. Mas eu, como presidente da equipe, tenho participação direta na contratação dos jogadores e montagem dos times. Há alguns jogos que eu não domino tanto, mas o conceito é sempre o mesmo: jogadores com muita vontade de vencer, e não só bons na frente do computador, mas boas pessoas, que defendam os valores da equipe”, contou.

Com sede em Madrid, na Espanha, a game office da Case Esports possui uma infraestrutura de primeiro mundo, segundo o atleta, para que os atletas se sintam em um centro de treinamento.

NADA DE APOSENTADORIA!

Casemiro tinha contrato com o Real Madrid até junho de 2025, mas rescindiu ao fechar com o Manchester, em agosto deste ano, tendo o terceiro maior salário dos Red Devils, atrás apenas de Cristiano Ronaldo e do goleiro De Gea.

Um dos nomes de confiança de Tite para a Copa do Mundo 2022, no Catar, o jogador disse que ainda não pensa em se aposentar, e descartou a possibilidade de virar jogador profissional da Case após encerrar sua carreira nos gramados.

“Ainda está muito cedo pra pensar em aposentadoria.  Acho que não tenho nível para jogar profissionalmente, não treino como eles e isso seria inviável. Vou continuar realmente na minha posição de tomar decisões e oferecer a melhor estrutura possível para que os jogadores possam mostrar seu valor”, finalizou.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<