Fiquei parcialmente cega por queimaduras solares

Publicado em

Médica Oftalmologista Luiza Paulo Filho explica possíveis complicações

O site britânico Dailymail noticiou que uma mulher chamada Dana Galiano, de 47 anos, ficou parcialmente cega em função de queimaduras solares por não usar óculos escuros durante exposição ao sol por dois dias durante uma viagem de praia em família a Ocean City nos Estados Unidos.

Segundo a entrevista ao Dailymail Dana Galiano relatou ter consequências em ambos os olhos, principalmente ao enxergar visões de curta distância e que ao chegar em casa sentiu uma sensação de queimação nos olhos como se a areia tivesse sido soprada neles, um desconforto, havia uma pequena marca marrom em seus olhos que os médicos disseram que a mancha marrom era vestígio de queimadura solar.

<

Ela ainda acrescentou que não tinha hábito de usar óculos escuros com proteção UVA e UVB, Ela inicialmente pensou que perder a visão era um sintoma de envelhecimento, mas seu médico lhe disse que a queimadura permanente poderia absolutamente afetar sua capacidade de ver.

Dana disse: “Na consulta médica disseram que a queimadura em seu olho é 100% a razão pela qual precisaria de óculos mais fortes agora. Antes eu só usava à noite para dirigir, mas agora preciso usar óculos todos os dias, olhar para o computador e dirigir., durante a consulta o médico que a atendeu disse que “O dano faz parte, quando uma pessoa tem algum algo no olho, como a córnea, isso prejudica a visão

Conversamos com a Oftalmologista Luiza Paulo Filho para entender o que possivelmente possa ter acontecido, Pelo relato de dana na entrevista o jornal ela teve ceratite actínica ou fotoceratite que é A ceratite actínica, também conhecida como fotoceratite, é uma condição ocular dolorosa e potencialmente séria causada pela exposição excessiva à radiação ultravioleta (UV).

“A ceratite actínica é uma inflamação da córnea que ocorre após exposição intensa à radiação UV, como a do sol ou de fontes artificiais, como lâmpadas de bronzeamento. Ela pode causar sintomas como dor intensa nos olhos, sensação de corpo estranho, vermelhidão, lacrimejamento e fotofobia”, explica o Dr. Luiza Paulo Filho, especialista em doenças oculares e cirurgias refrativas.

<


Segundo Luiza Paulo Filho “Os perigos da fotoceratite, uma condição ocular dolorosa causada pela exposição excessiva aos raios ultravioleta do sol.A fotoceratite, também conhecida como cegueira da neve ou queimadura de vento, é uma inflamação da córnea, a camada transparente que cobre a frente do olho. Ela ocorre quando os olhos são expostos a níveis elevados de raios ultravioleta, especialmente em ambientes com neve, areia, água ou superfícies reflexivas.

Quais são os sintomas e efeitos de queimaduras solares nos olhos?

Luiza :Os sintomas da fotoceratite podem incluir vermelhidão, irritação, dor ocular, lacrimejamento excessivo, sensação de corpo estranho nos olhos, visão turva ou embaçada, sensibilidade à luz e, em casos mais graves, dor intensa. É importante destacar que os sintomas podem se manifestar algumas horas após a exposição ao sol e podem durar vários dias.

Como ocorre a queimadura solar nos olhos?
Luiza: Radiação ultravioleta faz uma queimadura na córnea e na conjuntiva

Existe alguma forma de prevenir ou proteger os olhos contra queimaduras solares?
Luiza:Uso de óculos escuros com proteção ultravioleta

Quais são os tratamentos recomendados para queimaduras solares nos olhos?
Luiza: Repouso ocular: É essencial descansar os olhos e evitar a exposição a fontes de luz intensa durante o período de recuperação.
Colírios lubrificantes: O uso de colírios lubrificantes prescritos pelo oftalmologista ajuda a aliviar o desconforto e a secura ocular causados pela queimadura solar.
Compressas frias: Aplicar compressas frias e úmidas sobre os olhos pode ajudar a aliviar a dor e a inflamação. No entanto, é importante ter cuidado para não aplicar o gelo diretamente nos olhos.
Medicamentos anti-inflamatórios: Em casos mais graves, o médico pode prescrever colírios ou pomadas corticosteróides para reduzir a inflamação e acelerar o processo de cicatrização.
Analgésicos: Se a dor for intensa, podem ser recomendados analgésicos de venda livre, como paracetamol, para alívio temporário dos sintomas.
Proteção ocular: Durante o período de recuperação, é importante proteger os olhos da exposição excessiva à luz solar, usando óculos de sol com proteção UV ou outros tipos de óculos de proteção recomendados pelo médico.

Quais são as possíveis complicações ou danos permanentes associados a queimaduras solares oculares?

Luiza: Ceratite Actínica Crônica: Se a queimadura solar ocular não for tratada de forma adequada, pode levar ao desenvolvimento de ceratite actínica crônica. Essa condição é caracterizada pela inflamação crônica da córnea, o que pode resultar em desconforto ocular crônico, visão embaçada e sensibilidade à luz.
Cicatrizes na córnea: Queimaduras solares graves nos olhos podem causar danos à camada externa da córnea, resultando em cicatrizes. Essas cicatrizes podem afetar a qualidade da visão, causando visão embaçada, distorção visual ou perda de visão.
Olho Seco: As queimaduras solares oculares podem interferir na produção adequada de lágrimas, resultando em olho seco. O olho seco pode causar desconforto ocular, irritação, sensação de corpo estranho nos olhos e visão turva.
Conjuntivite: A exposição excessiva ao sol pode aumentar o risco de desenvolver conjuntivite, uma inflamação da conjuntiva, que é a membrana transparente que reveste a superfície do olho e a parte interna das pálpebras. A conjuntivite pode causar vermelhidão, coceira, lacrimejamento excessivo e desconforto nos olhos.
Catarata: Embora não seja exclusivamente causada por queimaduras solares oculares, a exposição crônica e intensa aos raios ultravioleta pode contribuir para o desenvolvimento precoce de catarata. A catarata é a opacidade do cristalino do olho, que pode levar à visão nublada e prejudicada.
Degeneração macular relacionada à idade (DMRI): A exposição aos raios ultravioleta pode estar associada ao aumento do risco de desenvolver DMRI, uma condição que afeta a parte central da retina e pode levar à perda gradual da visão central.

Quais são os sinais de que é necessário procurar atendimento médico imediatamente após uma queimadura solar ocular?

Luiza: Dor intensa e persistente nos olhos: Se a dor nos olhos for intensa e não aliviar com medidas simples de cuidados caseiros, Visão turva ou alterada: Se a visão ficar embaçada, turva ou houver alterações na qualidade da visão após a queimadura solar, Sensibilidade extrema à luz (fotofobia): Se os olhos ficarem extremamente sensíveis à luz, tornando difícil abrir os olhos mesmo em ambientes com iluminação normal, Vermelhidão intensa e persistente: Se os olhos estiverem vermelhos e a vermelhidão persistir ou piorar com o tempo, mesmo com cuidados básicos, é importante ser avaliado por um profissional de saúde.
Secreção ocular anormal: Se houver secreção excessiva, pus ou qualquer outro tipo de descarga anormal dos olhos, Incapacidade de abrir completamente os olhos: Se os olhos estiverem tão inchados e doloridos que você não consiga abrir completamente as pálpebras, é necessário buscar atendimento médico.
É essencial lembrar que cada caso é único, e esses sinais podem variar de acordo com a gravidade da queimadura solar ocular. Se houver qualquer dúvida ou preocupação após a exposição ao sol, é sempre aconselhável buscar orientação médica para uma avaliação adequada.

É fundamental seguir as orientações do oftalmologista e evitar a automedicação. Cada caso pode exigir um tratamento específico, dependendo da gravidade da queimadura solar nos olhos. Além disso, é importante lembrar que a prevenção é a melhor abordagem para evitar essas lesões oculares, por meio do uso adequado de óculos de sol com proteção UV e evitando a exposição excessiva aos raios solares.
Para evitar a fotoceratite, a médica oftalmologista recomenda:

Óculos de sol: Use óculos de sol que bloqueiam 100% dos raios UVA e UVB. Verifique se eles têm a certificação de proteção UV adequada.

O uso adequado de óculos de sol com proteção UV é uma medida crucial para prevenir a ceratite actínica. “Os óculos de sol certificados com proteção UV oferecem uma barreira eficaz contra os raios ultravioleta e devem ser utilizados sempre que estivermos expostos à luz solar. Além disso, é importante buscar sombra nos horários de maior intensidade solar, utilizar chapéus de abas largas e evitar a exposição direta ao sol sem proteção adequada”, aconselha o Dr. Luiza Paulo Filho.

Chapéus e bonés: Use chapéus de abas largas ou bonés com viseira para proteger seus olhos da luz direta do sol.
Fique na sombra: Evite a exposição direta ao sol durante as horas de pico, quando os raios ultravioleta são mais intensos.
Se você estiver em um ambiente com neve, areia, água ou superfícies reflexivas, use óculos de proteção adequados para bloquear os raios UV.
Hidratação dos olhos: Mantenha seus olhos hidratados com colírios lubrificantes recomendados por um profissional de saúde ocular.

Em casos de suspeita de ceratite actínica, é fundamental procurar atendimento médico especializado. “O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são fundamentais para evitar complicações e aliviar os sintomas. O oftalmologista poderá prescrever colírios e medicamentos para aliviar a inflamação e a dor”, orienta o Dr. Luiza Paulo Filho.
O oftalmologista encerra ressaltando a importância da conscientização sobre os danos causados pela radiação UV nos olhos. “A ceratite actínica é uma condição evitável. Ao adotarmos medidas simples de proteção ocular, como o uso de óculos de sol adequados e a busca por sombra, podemos reduzir significativamente o risco de desenvolver essa doença”, conclui o Dr. Luiza Paulo Filho.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<