Galvão Bueno revela detalhes de contrato com a Globo e expõe decisão: “Terminou ali”

Publicado em

Contratado da Globo, Galvão Bueno revelou detalhes do novo vínculo que assinou com a emissora, diferente do que tinha até o ano passado. Ele contou que o contrato tem validade até o fim de 2024 e que prevê algumas participações em programas e eventos transmitidos pelo canal, mas que não irá mais narrar jogos da Seleção – a última narração aconteceu na Copa do Mundo do Catar, em dezembro de 2022.

Em entrevista ao Conversa com Bial, o jornalista deixou claro sobre o que irá fazer na Globo neste novo formato de contrato, que possibilitou que ele tenha um canal na internet. “Tenho mais dois anos de contrato, com algumas participações pontuais, dois programas especiais de fim de ano, participação na Olimpíada de Paris”, detalhou.

Fim das narrações na Globo

“Narrar a Seleção Brasileira terminou ali. Foi o meu 53º jogo seguido de Seleção Brasileira em Copa do Mundo. Aquilo que eu disse, eu disse: ‘gente, prestem atenção em uma coisa. Estou virando uma página, não estou fechando um livro’”, afirmou o narrador.

Com um documentário no Globoplay, o Olha o Que Ele Fez, Galvão mostrou um lado pouco conhecido do público. Ele contou que pediu para que a produção mostrasse tudo. “Pedi que não aliviassem nada. A expressão ‘que não seja chapa branca’ partiu de mim. Deve ter gente que não deve ter gostado de alguma coisa que eu falei nesse tempo todo”, disse.

Galvão Bueno entregou detalhes de contrato com a Globo (Foto: Reprodução/TV Globo)
Galvão Bueno entregou detalhes de contrato com a Globo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Galvão Bueno confessa erros

O jornalista ainda comentou sobre os erros que cometeu durante a carreira. “E eu ando no fio da navalha: de um lado tem a emoção que preciso vender e do outro tem a realidade dos fatos. Vou me equilibrando entre as duas coisas e o equilibrista de vez em quando cai. E eu caí muitas vezes”, opinou.

Galvão Bueno ainda relembrou o momento em que perdeu a voz durante a jogo entre Argentina e França na final da Copa do Mundo do Catar – o último jogo que ele narrou na Globo. “Eu perdi a voz. Algumas vezes aconteceram, não muitas. Foi muito engraçado porque, depois daquilo teve a decisão por pênaltis e a voz estava limpa”, recordou.

“Acho que, também, recebi um presente. Narrei, sei lá, onze finais de Copa do Mundo. Nunca vi um jogo tão fantástico em final de Copa do Mundo como esse de Argentina e França. Foi demais, estava muito emocionado mesmo”, declarou.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Leia Mais