Humberto Martins admite trauma por ser reconhecido como “Descamisado” em novelas

Publicado em

O ator Humberto Martins, 63 anos, revelou em entrevista ao Aloha Podcast que sentiu um “trauma” por ser constantemente reconhecido pelos personagens descamisados que interpretou em diversas novelas. Martins explicou que, na época, o termo “descamisado” era visto como algo “pejorativo e diminutivo”, o que prejudicava o reconhecimento de sua capacidade como ator.

“Na época, as pessoas usavam o termo ‘descamisado’ de forma pejorativa, diminuindo o trabalho que eu imprimia nos personagens. Muitos colegas me sacaneavam, dizendo ‘não te reconheci porque você está de camisa’. Isso teve um certo trauma sim para mim”, confessou o ator durante a entrevista.

Esses personagens eram, em grande parte, criações do autor Carlos Lombardi, conhecido por suas tramas cheias de ação e sensualidade. Humberto Martins destacou que, apesar da conotação negativa do passado, hoje o termo “descamisado” não é mais pejorativo. “Era uma época testosterônica, vamos dizer assim, de novelas com embasamento muito hétero, e hoje mudou bastante”, refletiu.

Além disso, Humberto Martins compartilhou uma história curiosa sobre sua carreira, lembrando de um episódio enquanto interpretava um cigano na novela “Pedra sobre Pedra” (1992). “Fui ao supermercado e uma moça me deu uma bolsada porque eu tratava mal minha irmã na novela. Tive que explicar que não era de verdade”, contou o ator.

Humberto Martins Cita 'Trauma' Por Ser Reconhecido Por Papéis Descamisados
Humberto Martins cita ‘trauma’ por ser reconhecido por papéis descamisados

Com uma carreira consagrada na TV Globo, Humberto Martins protagonizou diversas novelas de sucesso, destacando seu físico em tramas como “Uga Uga” (2000) e “Kubanacan” (2003), ambas escritas por Carlos Lombardi. Atualmente, Martins não possui mais contrato fixo com a emissora, tendo sua última participação sido na novela “Travessia” (2022).

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

** A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Ultimas Noticias

Leia Tambem

Leia Mais