Padre Kelmon e outros amigos emprestam perfis para Carla Zambelli

Publicado em

Indignada com a decisão judicial, a deputada Carla Zambelli questiona se a ditadura já chegou ao Brasil

Nesta terça-feira (01), a polêmica deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), teve as suas contas em diversas redes sociais tiradas do ar, por ordem do Juiz da 1ª Zona eleitoral de São Paulo, Marco Antônio Martin Vargas.

Ao todo, Zambelli perdeu a conta de 8 redes sociais, sendo elas: Youtube, Instagram, Facebook, Telegram, Twitter, LinkedIn, Tiktok e WhatsApp. Caso a ordem não fosse cumprida pelas plataformas, a multa a ser paga era de 150 mil reais a hora.

<
Padre Kelmon e outros amigos emprestam perfis para Carla Zambelli
Padre Kelmon e outros amigos emprestam perfis para Carla Zambelli

Em vídeo publicado nas redes de amigos como o ex-candidato a presidência Padre Kelmon, Carla especifica quais de suas redes foram tiradas do ar, ressaltando a quantidade de seguidores que possuía em cada uma delas. Para finalizar o vídeo, ela questiona: “Qual o próximo passo? A ditadura já chegou no Brasil?”

Ao que tudo indica, essa decisão foi tomada após a Deputada ignorar, conscientemente, a decisão judicial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que proíbe a posse de armas nas 24 horas que antecedem as eleições. Zambelli foi flagrada perseguindo um homem com um revólver em punho às vésperas do segundo turno das eleições presidenciais, em São Paulo.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<