Luana Piovani revela como os filhos reagiram ao seu processo contra Pedro Scooby

Apesar de toda dor que o processo causou, a atriz Luana Piovani afirma que não se arrepender do que fez e explica,

Amores, todos nós acompanhamos a tour que foi quando a atriz Luana Piovani resolveu processar o pai de seus filhos, o ex-BB e surfista Pedro Scooby. Felizmente, hoje, eles estão vivendo em paz, porém, durante uma caixinha de perguntas no instagram, um internauta questionou a atriz sobre a reação que os filhos do ex-casal tiveram ao descobrirem sobre o processo.

“É triste. O Dom ficou bem abalado. Os gêmeos conseguem seguir mais a vida deles sem se deixar abalar, mas o Domzuco, não”, revelou a ex de Pedro Scooby.

Logo em seguida, afirmando que não se arrepende de ter entrado com um processo contra o pai das crianças, a atriz assume que a sua parcela de culpa na dor que  abriga judicial causou, principalmente no Dom, é bem grande.

“Minha parcela de culpa é bem grande. Sou analisada, estudo para evoluir. Tenho bastante consciência dos meus atos, não tenho mais idade para ser impulsiva. Não sou leviana. Sei exatamente o que fiz, desde o vídeo denúncia. Em uma entrevista me perguntaram se arrependi e pensei, e não, não me arrependi”, afirmou Luana.

Por fim, Luana garante que prefere sentir essa dor agora do que, futuramente, seus filhos acharem que ela não lutou por eles e por seus direitos, incluindo o de ser criado em um lugar com melhores condições de vida.

“Prefiro essa dor de agora do que a do futuro, de ele entender que perdeu a oportunidade de ser criado em um lugar em que tem muito mais oportunidade. Onde ele não tem que viver em uma bolha de uma burguesia playboy, em um lugar em que tem que ter carro blindado e pode tomar um tiro a qualquer momento porque você pode ter mais oportunidades na vida. Um lugar onde ele tem liberdade de ir e vir, isso conta muito. Prefiro essa dor de agora do que a dor do futuro de ele achar que não lutei por ele.

Que não tive a clareza de entender que uma criança não pode saber o que é melhor para si. Ela tem vontades, o que não necessariamente significa que a vontade dela é o melhor que pode acontecer. Por isso é que tem pai e mãe.

E por isso é que corto na carne, sofro demais, mas me mantenho nesse lugar. Vou continuar, sei que ele merece essa oportunidade de morar em um lugar com um pouco mais de igualdade entre as pessoas”, finalizou a atriz.

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Leia Mais