Troféu Raça Negra premia Mc Soffia, Dilma Rousseff, entre outras mulheres

A Sala São Paulo, prédio histórico da região central da capital paulista, recebeu o Troféu Raça Negra na noite desta segunda-feira, 21 de novembro. Com o intuito de promover e valorizar atitudes que enalteçam a cultura afro-brasileira ou de alguma forma contribua para a igualdade racial, diversas celebridades passaram por lá.

Apresentado por Maria Gal e Manoel Soares, a premiação contou com apresentação musical de Paula Lima, Luciana Mello, Leci Brandão, além de entregar troféus para Mc Soffia, a ex-jogadora de vôlei Fofão, a atriz Aline Borges, entre outras celebridades.

Ainda receberam troféus personalidades políticas. Dilma Rousseff, Simone Tebet, Marina Silva e Marta Suplicy. Todas incluídas como nomes que colaboraram para a igualdade racial de alguma forma.

O Troféu Raça Negra chegou à sua 20ª edição em 2022. Promovido pela Afrobras, é uma das ações instituições da Organização Não-Governamental. No site da ONG, a descrição do evento é bastante clara. Ademais, é importante destacar que ele acontece todos os anos no Dia da Consciência Negra.

“Personalidades e autoridades negras e não negras, nacionais e internacionais, são premiadas por exaltar, enaltecer e divulgar o valor das iniciativas, ações, gestos, posturas, atitudes, trajetórias e realizações que tenham contribuído para aprofundamento e ampliação da valorização da raça negra”, descreve a instituição.

A organização ainda considera “justo e oportuno” dar voz e reconhecimento às atitudes que valorizam o poder da cultura negra e das atitudes políticas de combate ao racismo e construção de igualdade racial em nosso país:

“Trata-se de um reconhecimento justo e oportuno aqueles que têm contribuído constantemente pela luta em favor da igualdade racial. A iniciativa do Troféu Raça Negra é reconhecida internacionalmente e já faz parte do calendário da cidade de São Paulo”.

A direção do evento ficou por conta do cantor, compositor e produtor Simoninha. Enquanto isso, a direção geral foi assinada pelo produtor artístico Eduardo Acaiabe.

A primeira edição do Troféu ocorreu no ano 2000 e, depois, em 2004, na comemoração do 450º aniversário da capital paulista. A partir de então, o evento se tornou anual. Em 2008, entrou oficialmente para o calendário da cidade de São Paulo com o objetivo de reconhecer e enaltecer pessoas que contribuem em diversas atividades, propiciando às futuras gerações o registro da determinação, trabalho, perseverança e exemplo público na construção de uma sociedade mais plural.

Ao longo dos anos, o Troféu foi concedido a personalidades como Cartola, Milton Nascimento, Mano Brown, Zezé Motta, Elza Soares, Martinho da Vila, Emílio Santiago, Martin Luther King Jr., Jair Rodrigues, Wilson Simonal, Preta Gil, Ludmila e Jonathan Azevedo.

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Leia Mais