Após caso Klara Castanho, Juliana Paes desabafa sobre exposição de caso íntimo: “Já passei por coisa parecida”

No Encontro desta segunda-feira (27), Juliana Paes declarou apoio a Klara Castanho e desabafou sobre quando precisou lidar com um vazamento de dados íntimos.

Assim como Klara, Juliana teve seus dados expostos para a imprensa por funcionários do hospital. “Eu sei que o assunto [o caso Klara Castanho] foi abordado no primeiro bloco, mas eu não queria deixar de ter a oportunidade [de falar sobre], porque eu já passei por coisa parecida, de ter algo que eu não queria mesmo que fosse exposto. Quando eu estava grávida, foi o próprio laboratório que acabou divulgando. Isso nem se compara com o caso de Klara Castanho, claro”, disse a atriz.

A atriz se revoltou com pessoas que julgam experiências alheias, e afirmou que pessoas públicas sofrem com isso. “O julgamento adoece, deprime e até mata”, declarou.

“Não é porque a pessoa é pública que ela faz um apelo para ter a vida esmiuçada em todos os momentos. A gente escuta muito isso: ‘ah, quem manda ser famoso?’. Não existe nada mais cruel do que escutar isso. Perceber que você ser famoso fica menos humano. Você é menos gente por ser famoso?”, disparou Juliana Paes.

“As dores são as mesmas, e o respeito deve ser o mesmo”, afirmou Fátima Bernardes. “Parem de julgar e parem de achar que o famoso tem que ter toda a vida esmiuçada, falada. A gente é famoso porque isso é um reflexo do nosso trabalho. Isso não é uma coisa que a gente busca, almeja. Pelo menos, eu falo de mim como atriz e de muitas outras colegas”, encerrou Juliana Paes.

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Leia Mais