BBB 22: Natália e Arthur discutem após 'Jogo da Discórdia': ''Não precisava ter me dado o anjo''

Acontece que logo após o 'Jogo da Discórdia',Natália Deodato e Arthur Aguiar acabaram se desentendendo, mais uma vez, ao discutirem sobre a última formação de Paredão, que acabou com Paulo André, Brunna Gonçalves e Gustavo Marsengo na disputa.

Tudo começou quando o brother questionou a escolha de voto das 'comadres'. Isso porque Jessi, Linn e Natália indicaram P.A. à berlinda, alguém que, segundo Arthur, sempre buscou priorizar elas no jogo. "Ontem faltou [humanidade] pra vocês", iniciou ele.

"Porque as pessoas que tavam tentando defender vocês, foram as pessoas que vocês atacaram. Enquanto as pessoas que vocês defenderam, foi quem atacou vocês", completou. Por sua vez, a modelo se defendeu: "Não faltou, não é atacar. Não foi assim, a história não assim".

Arthur prosseguiu sua linha de raciocínio mencionando a imunidade que deu para Natália no último domingo (20), e disse que não votaria em uma amiga dela caso recebesse tal presente. "Vamos fazer o contrário, se a [Lina] tem o Anjo e me dá [...] Daí o seu nome surge em alguma roda de votação, igual o nome da Jessi surgiu, então eu bato o pé e digo: 'não vou votar'".

Já sem paciência, ela disparou contra o famoso: "Você não precisava dar o anjo. Não precisava. Se era querendo pensar nisso, não pensava. Você tá querendo cobrar uma coisa que tu deu". Natália, então, afirmou que o brother lhe deu o Anjo por puro interesse: "Mais uma vez que a gente volta na estratégia, 'ai, vou dar o anjinho pra ela, porque ao menos assim vai pensar em não votar".

"Não tem nada a ver com isso", garantiu Arthur, antes de P.A. intervir na discussão: "O voto nem foi dele, Naty. Por que você tá falando que ele só pensa nele?", questionou. "Ele deu o exemplo da Lina. Não tá cobrando", completou Pedro Scooby.

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Leia Mais