Eduardo Costa entra em guerra com "sósia" na Justiça e motivo inesperado é revelado

Eduardo Costa, nome artístico de Edson Vander da Costa Batista, foi alvo de um processo de José Eduardo da Silva Costa, empresário e analista jurídico de Goiânia. O motivo da treta é uma ação por uso indevido de domínio na internet.

O processo foi iniciado com pedido de indenização por danos materiais e morais contra o cantor por conta do site www.eduardocosta.com.br.

Para José, o sertanejo, que fez uma acusação polêmica contra Thaeme nas redes sociais, se apoderou do site dele e passou a utilizá-lo com o CNPJ criado para as finalidades do empresário.

José apontou que Eduardo e sua equipe passaram a utilizar o site da empresa de eventos, festas e casamentos, criada em 1997, sem sua autorização, segundo informações de Gabriel Perline, do iG.

O empresário foi além e acusou Eduardo Costa de crime cibernético, invasão de privacidade, responsabilidade civil objetiva, danos materiais e morais e pediu honorários sucumbenciais em 20%.

Em sua defesa, Eduardo Costa ataca empresário

No processo, a defesa do amigo de Leonardo alertou que o mesmo passou a usar o nome em 2001. Ele ressaltou que o domínio do site foi pago conforme previsto, inicialmente de 2001 a 2012, depois de 2012 a 2022. O último acordo foi feito no ano passado por mais cinco anos.

Os problemas entre os dois foram além por conta da contestação do famoso, que proferiu palavras ofensivas contra o rival. José expôs que foi chamado de parasita. Por isso, o servidor da Justiça já moveu seu advogado em busca de uma indenização moral de R$ 52,8 mil.

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Leia Mais