José de Abreu analisa Cassia Kis 'Tem deficiência psíquica'

José de Abreu foi entrevistado pelo canal My News e uma das pautas comentadas foi a respeito das três ações que o ator entrou na Justiça contra Cássia Kis pelas declarações homofóbicas feitas por ela, durante uma entrevista à Leda Nagle.

No decorrer do assunto, o intérprete do coronel Tertúlio, de “Mar do Sertão”, da TV Globo, disse que já havia bloqueado Cassia no WhatsApp antes mesmo do ocorrido.

“Senti que ela começou a provocar, mandar mensagens agressivas, uma coisa que passou do bolsonarismo. Eu bloqueei, e soube por amigos que estava impossível de conversar com ela. É muito grave o que ela fez. Ela tem uma petulância que me parece ser algo psíquico, como se a maneira que ela pensasse é a correta”, disse o ator.

Em seguida, ele listou alguns trabalhamos que fizeram juntos, a elogiou como profissional, mas disse nunca ter sido amigo mais próximo da atriz. Zé disse ainda que a veterana deixou de tomar seus remédios e tornou a convivência insuportável, fazendo a cortar totalmente de sua vida.

“Essa certeza dela revela uma certa deficiência psíquica, o ser humano é feito de dúvidas. Ela já teve guru indiano, já foi budista, espírita. Ela tem uma deficiência, e o terapeuta medicou, mas ela parou com os remédios. É complicada a situação da Cassia, ela nunca foi uma pessoa fácil. Nunca fomos amigos, mas eu estive na casa dela”, frisou o ator.

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Leia Mais