Yasmin Brunet diz ter sido assediada na Fórmula 1 e que segurança não fez nada

Publicado em

A modelo e influenciadora Yasmin Brunet, 34, afirmou por meio das redes sociais que sofreu um assédio na etapa do Grande Prêmio de Fórmula 1 em Interlagos, onde esteve no sábado (12). Segundo ela, o segurança do local não agiu.

“Me segurando para não chorar de ódio por estar nesta situação”, começou. “Ser mulher é um teste diário. Mais uma vez assediada e sabe o que o cara fala para o segurança? Que estou bêbada, que estou inventando. Todo mundo viu”, afirmou.

“Um homem jamais vai saber o que é ser uma mulher. Quando nos sentimos como uma coisa, um objeto, um pedaço de carne que foi posto na Terra”, emendou.

<

Amiga de Brunet, a modelo Bruna Santana estava com ela e também relata ter sofrido assédio. Ambas falaram mais sobre o caso em outro vídeo.

“Na hora que levantamos para ir embora, o rapaz fez um movimento obsceno, sexual, e começou a falar: ‘gostosa, gostosa’, e bater palma”, contou Yasmin. “Voltei lá e falei um monte para ele, porque fica muito valente na frente dos amigos”, disse a modelo.

Segundo ela, na hora que confrontou o homem ele ficou constrangido. “Voltei e falei para ele: ‘Se eu chegar aí agora, você vai fazer alguma coisa ou você só é valente assim quando a gente vira as costas para ir embora?’. Aí o cara já abaixou a cabeça. Falei:

‘Você tem filha? Espero que ela nunca tenha que passar por isso”, finalizou Brunet.

<

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<