Amigos de Gal Costa questionam o porquê da cantora não teria ter sido sepultada no RJ

Publicado em

A musa do MBP Gal Costa possuía um jazigo perpétuo no Rio de Janeiro, onde a sua mãe foi enterrada em 1993.

Amores, mais cedo conversei com vocês a respeito da autópsia da nossa eterna Gal Costa, que, infelizmente, nos deixou  no dia 9 de novembro do ano passado.

Porém , outro assunto envolvendo a cantora que ainda é muito comentado, principalmente pelas pessoas que eram mais próximas a Gal, é a respeito de seu corpo não ter sido sepultado no jazigo de sua família, no Rio, mas sim no jazigo da família de sua viúva, em São Paulo.

Para quem não sabe, quando a mãe de Gal, Mariah Costa Penna, morreu, em 1993, a cantora comprou um jazigo perpétuo, no cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro, para sepultar a matriarca, mesmo cemitério onde grandes nomes do nosso país foi enterrado, como: Carmen Miranda, Ary Barroso, Dorival Caymmi, Vinicius de Moraes, Cazuza, Glauber e Anecy Rocha, porém, até hoje não se sabe o motivo da mesma não ter sido enterrada com sua mãe.

E essa dúvida, tem sido algo bem recorrente entre os amigos e fãs da cantora. Confira algumas das publicações envolvendo o assunto que vem circulando na web:

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<