Antônio Júnior conta sobre carreira e trajetória

Publicado em

Antonio Junior preparador físico fala sobre Carreira internacional:

“Pra mim sempre foi um sonho ter a oportunidade de trabalhar fora do Brasil, acredito que todo sonho tem que ter metas e a minha meta sempre foi buscar excelência na profissão.

No curso de educação física conseguimos vê muitas oportunidades de trabalho mas foi pela preparação física que eu me apaixonei e mergulhei a fundo nos estudos me especializando nesta área. Muitas pessoas me perguntam como conseguir trabalhar fora do Brasil, hoje sou preparador físico de futebol profissional na Tailândia e posso dizer que tenho muita segurança em permanecer mais tempo fora do Brasil buscando novas oportunidades.

Minha primeira oportunidade como preparador físico no Brasil foi em 2016 e de lá pra cá vim construindo uma história no futebol, sou de Belém do Pará e posso dizer que na minha cidade não temos tantas oportunidades nesta área e mesmo assim conseguir me fixar na carreira internacional.

Bom, pra começar parece pouco tempo de estrada, afinal são sete anos caminhando uma percurso cheio de desafios e agora com dois anos fora do País posso dizer que sei o que fiz para atingir o tão sonhado sucesso em pouco tempo.

Pra começar vamos voltar lá atrás em Belém do Pará onde as oportunidades eram poucas e a mão de obra eram muitas, eu sempre soube o que eu queria e manter o foco me tornou mais capaz, pra começar não desviar seus olhos do foco principal ajuda porém devemos entender que até alcançar o tão sonhado objetivo nós temos vários desafios pela frente e muitos desses desafios podem estar em caminhos que talvez não dê pra enxergar que é por lá que devemos caminhar, vou explicar.

Antônio Júnior

Antes de trabalhar no futebol eu tive outras áreas em que eu pude aprimorar minha gestão de pessoas, minha sensibilidade humana e meu domínio de treinos em grupos, todas essas habilidades que falei aprendi com natação para crianças, aula em grupo com Crossfit e treinamento funcional, grupos de corrida, salas de musculação e outros.

Ou seja eu tive que passar por muitos caminhos que me deram a consciência que devo aprender a dominar grupos de pessoas diferentes, com vários objetivos diferentes e muitas vezes lidar com o controle mental dos meus alunos, qual dessas habilidade você acha que me ajudou quando entrei no futebol? Isso mesmo, todas! Tudo aquilo que aprendi com as pessoas, cursos, dedicação nessas outras áreas me fizeram conhecer pessoas que me ajudaram e me abriram portas naquilo que eu sonhava, o futebol veio através de uma oportunidade assim, que quando apareceu eu já estava preparado pra entrar no mundo e ter um novo aprendizado, a aplicabilidade prática.

Quando me perguntam o que me fez alcançar meu grande sonho eu respondo: Se dedique ao hoje, aquilo que vc está fazendo agora pode parecer que não seja o que sempre sonhou mas vai poder te levar e te deixar mais forte pra quando a oportunidade surgir, afinal o que me trouxe aqui hoje foi alguém que lembrou do meu trabalho pela minha dedicação diária que talvez eu pensava que não me traria frutos, pois bem aqui estou eu”, finaliza.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<