Dado Dolabella move processo de danos morais após ‘ataques difamatórios’

O músico e ator postou páginas de processo, mas ocultou nome da ré Dado Dolabella, de 43 anos de idade, se pronunciou nas redes sociais nesta quinta-feira (1) acerca de publicações a seu respeito. O namorado de Wanessa Camargo, de 41 anos, atualmente no BBB 24, publicou fotos de um processo de danos morais que moveu recentemente por ‘acusações extremamente difamatórias’.

“Mídias e redes sociais não são terra sem lei. Quem propagou ou seguir propagando as mentiras e acusações difamatórias vai ter que responder à justiça”, escreveu ele, na legenda, divulgando um outro texto e páginas do processo, ocultando o nome da ré.
“Recentemente ao tomar conhecimento de várias publicações a meu respeito em que os autores das publicações mentiram influenciados por uma sequência de vídeos com acusações extremamente difamatórias e caluniosas de uma senhora que incita o público a me chamar de criminoso e que volta e meia usa suas redes para causar polêmica a benefício próprio, ingressei com ações para obter liminarmente os dados pessoais dos autores para tomada das medidas legais”, escreveu na legenda.

Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

“Juiz deferiu a liminar e determinou à rede social que forneça todos os dados de uma das autoras das publicações que me caluniaram e difamaram. O Juiz entendeu que a publicação revela potencial dano à minha imagem. Essa decisão se refere a apenas uma das ações ingressadas. Aguardando as demais decisões”, continuou.

“A decisão proferida pelo juiz deixa claro que a rede social não é terra sem lei, e todos que continuarem estarão sujeitos a responder pelos crimes cometidos”, finalizou.

Repercussão durante BBB 24 e Luana Piovani

Desde a entrada de Wanessa Camargo no BBB 24, Dado voltou com todo o vapor às redes sociais para declarar sua torcida à namorada, inclusive reativando seu perfil no X, o antigo Twitter. A exposição dele também gerou muitas críticas da ex-namorada Luana Piovani, a quem ele agrediu e chegou a ser condenado pelo crime de violência doméstica.

A atriz já se manifestou publicamente algumas vezes sobre a questão e para criticar os elogios do público em relação às falas de Wanessa Camargo.

“Essa coisa do casal fofo… ela está lá e está levando o namorado dela, que é um agressor, não importa se hoje ele come ou não come carne. Depois que eu fiz a denúncia, três mulheres vieram falar comigo que apanharam dele… a gente chama quem comete crime de criminoso”, começou.

Piovani ainda rasgou elogios à cantora: “Wanessa é muito querida, batalhadora, estudiosa e dona do seu destino, não está lá sozinha, mas com a sombra de um criminoso ao lado dela. Se você acha que tudo bem se relacionar com um cara que já agrediu quatro mulheres, parabéns, é uma escolha sua. Mas, de novo, o Brasil todo passar pano para um criminoso é problema nosso”.

Luana chegou a acusar Dado de ter agredido Esmeralda, sua camareira, e a mãe dele, Pepita Rodrigues. “Ela [Esmeralda] tinha direito, inclusive, a indenização financeira, porque ela realmente ficou sem trabalhar”, disse Luana. “Acho que nunca pagou, foi condenado, mas não teve nada para fazer”, ainda acrescentou.

Piovani ainda expôs uma conversa que teve com a mãe do ator, a atriz Pepita Rodrigues, que também teria sido agredida pelo próprio filho.

“Eu recebi um telefonema da mãe do criminoso, dona Pepita”, relembrou a famosa, contando que a mãe do ator a procurou desesperada dizendo que havia sido empurrada por Dado Dolabella. “Ela chorava, dizendo que ele tinha dado um tapa nas costas dela e empurrado”, conta Luana. Pepita, porém, negou a acusação de que teria sido agredida pelo próprio filho.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

** A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Ultimas Noticias

Leia Tambem

Leia Mais