Douglas Andrade fala da importância dos primeiros passos na carreira

Publicado em

O Dia do Estagiário – 18 de agosto – é um dia importante, não para o calendário, mas para os milhares de jovens que sonham com o primeiro trabalho, a primeira vez que a Carteira de Trabalho é carimbada e com aqueles que buscam construir o próprio negócio na seara comercial. Douglas Andrade, um empreendedor que também começou pequeno e jovem admira esse anseio pelo empreendedorismo que surge ainda na juventude. “Meu conselho é: Assim como os empresário ‘filtram’ os candidatos para os empregos de um lado, é necessário que haja o filtro também por parte das pessoas que vão entrar no mercado de trabalho e, principalmente, dos estagiários, pois esse é um ponto crucial da jornada de trabalho dessa pessoa”, exemplifica.

A Abres – Associação Brasileira de Estágios contabiliza, atualmente mais de 900 mil estagiários atuantes em todo o território brasileiro. “O primeiro emprego pode ditar o restante de toda a carreira de um profissional e se não entrarmos em algo que temos afinidade e gostarmos, podemos nos tornar profissionais frustrados e sem expectativa nenhuma”, reafirma Douglas Andrade. E ainda segundo a Abres, a associação é corroborada pela Lei conhecida como Lei de Estágios que, juntamente com o Ministério Público do Trabalho, assume o compromisso de inserir o jovem no mercado por meio de agentes de integração espalhados pelo país.

Para ajudar os jovens e qualquer outro que sonha com seu primeiro trabalho ou que sonha em construir seu próprio negócio, Douglas Andrade deixa para nós algumas dicas que podem reforçar e contribuir com o nosso crescimento. Confira:

<

01 – Trabalhar em algo que realmente faça sentido para a sua vida;
02 – Capacitação constante. Nunca ficar sem aprender;
03 – Escolha os mentores certos para se inspirar;
04 – Dê o seu melhor desde o primeiro dia. Ninguém gosta de pessoas acomodadas;
05 – Pergunte, pergunte, pergunte. A gente só tem as respostas das nossas dúvidas perguntando.

O último levantamento da Abres – ano de 2021 – aponta que as áreas que mais investiram em estagiários foi a de Administração (16,8%), Direito (7,3%), Comunicação Social (6,2%), Informática (5,2%), Engenharias (5,1%) e Pedagogia (4,2%). Os dados ainda acentuam que a política de estagiários contribuiu inclusive, na redução de jovens desempregados e também de evasão escolar. “O primeiro emprego é o anseio de muitos jovens para ter um dinheiro, mas é preciso pensar com cautela o lugar onde você receberá uma avalanche de informações e bagagem. Gostaria de parabenizar os jovens que desde cedo buscam mudar de vida por meio do trabalho. Isso é louvável. Mesmo aqueles que querem empreender, é bacana ter rodagem em empresas que trabalhem em campos administrativos, contábil, operacional… Pense que aos que querem empreender, o estágio é a forma prática de toda a teoria que se aprende e que pode ser colocada na mesa futuramente”, diz Douglas.

Para concluir, Douglas Andrade ainda deixa uma dica de ouro importante: “Aos que estão em ocupações que não gostam meu conselho é: Procurem maneiras de se colocarem no mercado em algo que faça sentido para você, mas enquanto estiver nessa ocupação faça com toda paixão que tiver”, conclui.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<