Dr. Marco Antônio Martin comenta sobre a importância da modulação hormonal biodêntico

Publicado em

O envelhecimento é um processo natural pelo qual todos nós passaremos. O mundo começa a envelhecer e a expectativa de vida média da população mundial tem aumentado devido ao avanço na medicina, melhora de condição de saneamento básico, combate a doenças e diminuição da taxa de mortalidade infantil explicou Dr. Marco Antônio Martin

De acordo com o especialista Dr. Marco Antônio Martin, o detalhe que devemos nos atentar não é se vamos envelhecer, mas sim de como vamos envelhecer. A maneira das pessoas envelhecerem com doenças crônicas (doenças próprias da idade) diminuição da capacidade funcional, diminuição da capacidade cognitiva e grande perda da energia vital durante o decorrer de suas vidas. Muitos são os fatores que vão distinguir se a pessoa viverá mais ou sobreviverá mais.

“Um desses fatores que vão dar a certeza da contribuição para um envelhecimento saudável é a regulação das nossas taxas hormonais, que tende a diminuir com o passar dos anos. Tantas mulheres quantos homens irão experimentar sua pausa hormonal em algum momento da vida”, explica o especialista.

A Menopausa leva a uma queda abrupta da produção de hormônios, que são: Progesterona, Testosterona, Estradiol, levando a consequências desastrosas para a saúde feminina. A menopausa vai muito além dos famosos calores (fogachos) que toda mulher sente.

“As consequências da queda de produção hormonal na saúde da mulher, leva a situação quadros muito mais preocupantes e perigosos como: insônia, aumento de perda de líbido, aumento do risco de doenças cardio vasculares, aumento de risco de câncer, obesidade, depressão, osteoporose, aumento de risco de demência, entre outras situações”, complementa.

Hoje com os hormônios bio idênticos temos a condição de reestabelecer com segurança os níveis de hormonais levando mais qualidade de vida, saúde e longevidade as mulheres na menopausa.  Os homens também apresentam queda da sua produção hormonal de testosterona entre outros. O fato dessa queda se torna gradual não sendo menos importante.

A queda da testosterona leva o aumento da gordura abdominal com aumento de risco de doenças cardiovasculares, queda de libido, diminuição de energia, aumento do risco de doenças crônicas, impotência sexual. Olhar para nossa condição hormonal sem dúvida é muito importante para termos uma melhor qualidade de vida, mantendo nossas funções e evitarmos as famosas ‘’Doenças da própria idade’’

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<