Dra. Daiane Farinon, fala sobre sofrer de bruxismo

Publicado em

Conheça sobre essa disfunção, consequências e o tratamento com a Dra. Daiane Farinon.

A CLINICÁ DF Concept são especialistas em tratamento de disfunções DTM com o uso da toxina botulínica pelo plano de saúde.

Por esse motivo procuramos a especialista no assunto, a Dra.Daiane Farinon, para contar com exclusividade como funciona o tratamento com o uso da toxina botulínica.

Dra. como funciona o Botox terapêutico?

O Botox é um dos tratamentos estéticos mais procurados do país. A aplicação da toxina botulínica logo abaixo da pele reduz as rugas e linhas de expressão de forma rápida, pouco invasiva e com bons resultados. Entretanto, muito antes de ser popular na busca pelo rejuvenescimento, o Botox foi pesquisado originalmente para fins terapêuticos e hoje é um importante aliado de áreas como a neurologia e na odontologia.

A toxina botulínica age entre o músculo e terminação nervosa. O nervo passa a mandar menos informação para o músculo e, consequentemente, ele relaxa. Devido a esse relaxamento, a toxina botulínica é uma importante aliada para o tratamento de pessoas que sofrem com algum tipo de rigidez muscular, bruxismo, Apertamento dental

Qual a diferença entre o tratamento convencional de bruxismo para o tratamento com Botox?

A toxina Botulínica para fins terapêuticos é a mesma utilizada para fins estéticos, a diferença está nos pontos de aplicação.

No bruxismo, a toxina botulínica é aplicada em pontos localizados nos músculos temporal anterior e masseter, na mandíbula. O Botox age no neurônio motor impedindo a liberação de acetilcolina, sendo a substância que promove a contração da musculatura. Quando aplicada nos músculos mastigatórios, a toxina botulínica impede a contração, que ocasiona o ranger dos dentes.

O que causa bruxismo?

Bruxismo é uma desordem funcional possivelmente relacionada a fatores genéticos, a situações de estresse, tensão, ansiedade, ou a problemas físicos de oclusão, ou fechamento inadequado da boca.

Nos casos mais graves, podem ocorrer também problemas ósseos, na gengiva e na articulação da mandíbula (ATM).

O que causa DTM?

A articulação temporomandibular, também conhecida como ATM é uma das articulações mais complexas do corpo humano, encarregada de ligar o maxilar ao crânio. Ela é responsável pelo movimento de abrir e fechar a boca e mover a mandíbula para frente, para trás e para os lados. A disfunção nesta área, chamada de DTM, ocorre quando há algum problema que impede o funcionamento adequado desse sistema.
A sobrecarga nesta região, devida a diversos fatores, gera a dor orofacial e pode acarretar sintomas secundários como dores de cabeça e dores de ouvido momentâneas. É muito comum que pacientes que possuem a DTM tenham a sensação que a mandíbula esteja “saltada” ou travada, muitas vezes acompanhado de estalos durante o ato de abrir ou fechar a boca.

Qual tempo de tratamento?

Quando associado ao transtorno de ansiedade e depressão, pode ser tratado com métodos de relaxamento (biofeedback e psicoterapia) e uso de antidepressivos em casos específicos.
Placas miorrelaxantes evitam a ocorrência de complicações dentárias.

O botox para ranger os dentes e o botox para o aperto da mandíbula causa relaxamento da musculatura para que o indivíduo não ranja os dentes ou aperte a mandíbula involuntariamente.

E aplicação de Botox, a toxina botulínica vai para o músculo masseter, o grande músculo que move a mandíbula. Ele relaxa significativamente o músculo para reduzir o desgaste dos dentes e aliviar qualquer dor na mandíbula associada ao bruxismo.
Importante ressaltar que a toxina não enfraquece a capacidade da pessoa de mastigar, comer ou falar.

Quais cuidados tenho que ter fazendo este tratamento?

Acompanhamento do paciente e associação de tratamentos

O uso da toxina botulínica tem cobertura pelos planos de saúde médico

Ao contrário do que muitos pensam, o tratamento com toxicina botulínica (BOTOX) não apenas trata o processo de envelhecimento da pele, mas pode ser indicado, a critério médico e do cirurgião dentista, para tratamento de doenças como migrânea crônica, enxaqueca, problemas nas glândulas salivares, paralisia facial, bromidrose, hiperidrose, bruxismo, apertamento, etc.

Os planos de saúde estão obrigados a tratar todas as doenças listadas no Código CID, portanto, sendo doença e havendo indicação médica para uso do BOTOX que não um tratamento meramente estético, deve haver cobertura pelo plano de saúde

Font;
@dra.daianefarinon
@clinicadfconcept

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<