Dra. Danieli Assaf fala sobre a importância da medicina do trabalho para a saúde ocupacional feminina

Publicado em

A Dra. Danieli Assaf, diretora do GHSMed, destaca como a medicina do trabalho se faz necessária para a saúde ocupacional da mulher

Neste Domingo, dia 7 de abril, é a data dedicada à saúde, é fundamental refletir sobre a importância da medicina do trabalho na proteção da saúde ocupacional, principalmente dentre o público feminino. Nesse contexto, conversamos com a médica Danieli Assaf, diretora do GHSMed, empresa com mais de 15 anos de experiência e que atua de forma completa no mercado de saúde, para entender melhor como a medicina do trabalho desempenha um papel crucial na segurança e bem-estar das mulheres no ambiente de trabalho.

De acordo com a Dra. Danieli Assaf, a medicina do trabalho tem um papel crucial na identificação e prevenção de riscos específicos para as mulheres. “Isso inclui a exposição a produtos químicos durante a gravidez, a necessidade de ergonomia adequada para mulheres grávidas ou lactantes, e a proteção contra assédio sexual e discriminação no local de trabalho. Essas medidas são essenciais para garantir um ambiente de trabalho seguro e saudável para todas as trabalhadoras.” explica a diretora do GHSMed.

Um dos desafios específicos da saúde das mulheres no trabalho é a questão da saúde reprodutiva, menopausa, saúde mental e equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. “A medicina do trabalho precisa abordar esses problemas de forma sensível e eficaz, garantindo o bem-estar das trabalhadoras em todos os aspectos de suas vidas profissionais e pessoais.” diz a médica Danieli Assaf.

Dra. Danieli Assaf - Crédito da Foto: Acervo Pessoal
Dra. Danieli Assaf – Crédito da Foto: Acervo Pessoal

“Além disso, a ergonomia e segurança no trabalho são aspectos essenciais para a saúde ocupacional feminina. As mulheres podem ter características físicas diferentes dos homens, o que torna crucial ajustar equipamentos, mobiliário e processos de trabalho para garantir conforto e prevenir lesões musculoesqueléticas.” aborda a diretora do GHSMed que trabalha com redes credenciadas em todo o território nacional. A medicina do trabalho desempenha um papel fundamental nesse sentido, promovendo ambientes de trabalho seguros e saudáveis para todas as trabalhadoras.

Outro ponto destacado pela Dra. Danieli Assaf é a exposição a substâncias químicas no ambiente de trabalho. “As mulheres podem ser mais sensíveis a certos produtos químicos e agentes tóxicos, tornando importante que a medicina do trabalho considere essas diferenças na avaliação de riscos e na implementação de medidas de controle para proteger a saúde das trabalhadoras.” Finaliza a médica.

No Dia da Saúde, que será comemorado no neste Domingo dia 07/04, é essencial reconhecer o papel crucial da medicina do trabalho na promoção da saúde ocupacional feminina.

 

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<