“É possível restaurar o crédito mesmo com nome sujo”, afirma Luiz Dória da Arrudacred

Publicado em

Em momentos financeiramente desafiadores, especialmente após as despesas significativas do final de ano e carnaval, muitos brasileiros se encontram em uma situação complicada de endividamento. Dados recentes revelam um aumento de 3,78% no número de inadimplentes em janeiro de 2024 comparado a janeiro de 2023, alcançando um total de 66,96 milhões de pessoas com dívidas, conforme informações da CNDL e do SPC Brasil. Essa situação destaca a necessidade urgente de abordagens para enfrentar as dívidas.

Diante dessa realidade, surgem duas principais rotas de ação: quitar integralmente as dívidas ou buscar o auxílio de assessorias financeiras para uma resolução das restrições. Liquidar as dívidas é a abordagem mais direta, porém, a falta de recursos financeiros muitas vezes impede essa opção.

Você provavelmente já ouviu a frase: “Devo, não nego; pago quando puder”. Mas espera aí, as coisas não são tão simples! Vamos entender melhor sobre dívidas e como solucioná-las:

No Serasa/SPC: Se você faz uma compra e não paga, a loja pode informar ao Serasa e ao SPC. Isso impede que você obtenha crédito em outros lugares.

No Registrato do Banco Central: Atrasar pagamentos de empréstimos, cartões ou financiamentos significa que, além do Serasa/SPC, seu nome pode aparecer como inadimplente no Banco Central.

“Decidi verificar minha situação financeira online, isso é possível”?  ‘Sim, é possível’!

Qualquer pessoa pode checar seu status de crédito no Serasa, SPC ou no Banco Central online, usando CPF e senha. Se não tiver uma senha, é possível criar uma na hora, sem custo.

“Gostaria de limpar meu nome, como eu faço’’?

O ideal é negociar diretamente com quem você deve, evitando intermediários. Nunca aceite um acordo de desconto sem ter certeza de que isso não vai prejudicar seu registro no Banco Central.

“Meu dinheiro é curto! Não dá! Existe uma forma de obter fôlego financeiro, voltar a ter o nome limpo para, de fato, aprovar crédito antes de pagar as dívidas”?

Se não dá para pagar tudo agora, existem empresas especializadas que podem ajudar a negociar suas dívidas. Importante: essa opção deve ser considerada com atenção aos custos envolvidos.

A regra é clara: para voltar a ter um bom crédito, é necessário resolver pendências no Serasa/SPC e no Banco Central. Em casos de dívidas altas, o suporte de uma empresa de recuperação de crédito pode ser útil, desde que você analise bem as condições oferecidas.

Segundo Luiz Dória, diretor da Arrudacred – Recuperação de Crédito, “A assessoria para limpar o nome é benéfica para dívidas acima de R$3.000. Para valores menores, a negociação ou o pagamento direto ao credor tende a ser mais vantajoso. Se você tiver dúvidas, pode ligar ou chamar pelo whatsapp e conversar com a nossa equipe de apoio. Nós podemos ajudá-lo a sair dessa situação negativa”, conclui ele.

Para mais detalhes sobre como essa abordagem pode ajudar na sua situação específica, entre em contato com a Arrudacred. Além de ajudar a limpar o nome no Serasa/SPC, a empresa oferece soluções para protestos, Banco Central (BACEN) e melhoria de escore ou rating.

Descubra mais em www.arrudacred.com.br e dê o primeiro passo rumo à recuperação financeira.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<