Eliete Negrão assessora brasileiros que buscam se instalar no mercado americano.

Publicado em

Uma grande ideia na cabeça, dólares na conta, disposição para empreender e alguns contatos com quem atua nos Estados Unidos nem sempre são suficientes para evitar que o sonho americano se torne um pesadelo.

Há mais de uma década no país, a empresária Eliete Negrão assessora brasileiros que buscam se instalar no mercado americano. Desde então, contribuiu para o sucesso de dezenas de projetos, em diferentes segmentos.

Com a vasta expertise acumulada, Eliete faz alguns alertas que considera fundamentais e que evitam que o empreendedor perca o foco. Entre as ciladas mais comuns que podem comprometer o resultado da empreitada está a avaliação incorreta do Networking do investidor.

“Muita gente acha que fazer networking é ter um monte de contatos e entregar seu cartão. Mas não é isso! Criei com excelência uma rede de pessoas certas e de empresas certas que compartilham da mesma ambição do meu cliente. Ou seja, a ambição de entregar os resultados esperados. Porque convivendo com quem possui interesses e objetivos semelhantes, é possível aprimorar projetos, fazer conexões e criar coisas totalmente novas. A conexão é essencial para quem está começando a empreender e mesmo para quem já está no mercado, pois abre portas para novas oportunidades”.

A empresária também adverte que a ausência de um Networking corretamente apontado para o setor em que o empreendedor pretenda atuar pode comprometer até mesmo quem construiu sólida formação acadêmica. “Muitas vezes, por melhor que seja a qualificação do profissional, ele não consegue se inserir de forma adequada nos mercados desejados. Nem todo mundo, por mais qualificado que seja, tem a necessária habilidade para criar boas conexões, o que é essencial para todo empreendedor”.

Na assessoria que presta aos brasileiros que desembarcam no país mais rico do mundo com o sonho de conquista de espaço na América, Eliete Negrão destaca a rede de relacionamentos que oferece aos interessados. “Desde que cheguei aos EUA, identifiquei uma promissora oportunidade de gerar conexões. Com isso, hoje minha empresa sabe do que o cliente brasileiro precisa para entrar pela porta da frente no mercado americano”.

Com base nessa expertise, valoriza o poder do Networking. “Apesar de ser geralmente associado a eventos que são pesadelos para os mais tímidos, o Networking precisa se tornar uma prática recorrente dentro das empresas.

Como estratégia, é um recurso que amplia ao máximo as oportunidades de negócio”.

Apaixonada por conhecer lugares e pessoas, não só para conhecimento, mas para gerar oportunidades, Eliete sabe que uma boa conexão é o caminho mais curto e seguro para se atingir objetivos empresariais. “Atualmente sou o braço de conexão de um grupo de empresas que está muito além de oferecer serviços. Criamos um ambiente de integração para as necessidades essenciais e também para conectar verdadeiramente as necessidades dos brasileiros que desejam aterrissar na Florida e fixar aqui as bases financeiras, de negócios, residência e qualificação imigratória. Estamos ao lado de brasileiros que nos inspiram e que fazem a diferença”.

Crédito / Divulgação

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<