Em Portugal, Anitta expõe crise da Amazônia: “É muito perigoso”

Publicado em

Em passagem por Portugal no último fim de semana, Anitta aproveitou as entrevistas com as emissoras locais para denunciar o descaso do presidente Jair Bolsonaro com a Amazônia.

De acordo com a artista, existe uma censura clara a todos que denunciam esse tipo de descaso, o desmatamento e a exploração ilegal nas terras da Amazônia. A carioca lembrou as mortes recentes de Dom Philips e Bruno Pereira, que “sumiram” após denunciar pesca ilegal na região.

Em Portugal, Anitta expõe crise da Amazônia: “É muito perigoso” - Foto: Reprodução/Twitter/@rockinriolisboa
Em Portugal, Anitta expõe crise da Amazônia: “É muito perigoso” – Foto: Reprodução/Twitter/@rockinriolisboa

“É uma grande terra de ninguém. Uma grande bagunça. Lá acontece de tudo, ninguém vê nada. É uma coisa que precisa de atenção. Realmente, quem se expõe para falar acaba morto, com a família torturada, tomando um cala-boca de algum jeito”, disse.

<

Em tom de provocação, a intérprete de “Envolver” destacou que ela mesmo pode sofrer algum tipo de represália por levantar essa questão tão importante e polêmica para o Brasil e o mundo. Abusando do sarcasmo, Anitta disse que se a matarem, ela volta como assombração.

A própria Anitta destacou que ela pode sofrer represálias por falar sobre o assunto. Apesar disso, ela não se intimidou e soltou o deboche. “Se vier me matar, vai ter que aguentar a assombração que eu vou virar depois, porque eu acho muito importante, é o grande tesouro do nosso país e as pessoas tratam como um grande ‘nada’. É muito perigoso!”, protestou.

Ela seguiu, alertando sobre os riscos de ir à região, que apesar de ser uma linda região, é também perigosa. “É inaceitável que esse lugar seja perigoso para uma pessoa ir visitar. Pensar que você vai para a Amazônia para visitar, ver a natureza e ser um dos lugares mais perigosos para estar lá visitando”, seguiu.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<