Empreendedorismo Digital: internet é a principal aliada nesse novo mercado

Publicado em

Ter o seu próprio negócio deixou de ser um sonho distante e passou a tornar-se realidade cada vez mais próxima de nós. Mais da metade da população brasileira entre 18 e 60 anos já estão envolvidas em atividades empreendedoras construindo o próprio negócio e sendo donos da própria empresa. O empreendedorismo digital é a grande responsável por mais da metade dessa parcela. De forma resumida, clara e objetiva, o novo ramo mercadológico consiste basicamente em apostar suas vendas, propagandas, divulgação e clientela no serviço online.

Comprar e vender sem sair de casa e construir um negócio sem precisar alugar um escritório, abrir uma loja física e manter um almoxarifado abarrotado de caixas são as grandes novidades do empreendedorismo digital. E isso não vale apenas para quem está começando agora. Grandes empresas que já estão consolidadas no mercado há anos também podem buscar se atualizar e apostar nas novas tecnologias. Douglas Andrade, que é um expert em vendas online usando o aplicativo WhatsApp orienta que basta “se familiarizar com o mundo digital, essa é a nova porta para alcançar muitos clientes”.

 

<

Os clientes são nossos termômetros

Independentemente do ramo em que você está atuando no mercado, os clientes sempre serão uma espécie de termômetros para nós. Eles dirão se um atendimento está satisfatório ou se deixa a desejar; da mesma forma, o produto que sua empresa oferta, se é de boa qualidade ou não, são os clientes que irão dizer. No empreendedorismo digital, precisa-se construir uma nova relação entre vendedor x cliente. Uma relação que, mesmo acontecendo “tech a tech”, é importante lembrar que do outro lado da tela há uma pessoa comum que busca bom atendimento e confiança.

Douglas Andrade afirma que para construir um negócio de sucesso e de credibilidade é preciso “muito trabalho, inovação, e comunicação assertiva com todos que trabalha e principalmente com os clientes”. Se os dados indicam que a maioria dos vendedores estão encontrando no mercado digital um vasto espaço de vendas, também os clientes estão optando mais em comprar via online do que ter que se deslocar de suas casas e ir até a loja física e desfilar entre as vitrines. Só em 2022, as vendas online já indicam um crescimento de 20,56%, no primeiro mês. Comparado ao ano anterior, é um crescimento que atinge os 25%. Os dados foram divulgados pelo MCC-ENET, parceiros da Companhia Compre & Confie e a Câmara Brasileira da Economia Digital.

 

Os desafios do empreendedorismo digital

<

Quando se fala em valor de mercado e mercado financeiro, tudo tem seus riscos e acertos. Com o mercado digital o cenário também não é diferente. Há riscos, desafios e muitas barreiras que precisam ser transpostas. A grande demanda já começa a elevar o número de concorrentes no cenário digital. A cada dia, as inovações, novidades e ferramentas digitais vão surgindo para atrair ainda mais o público alvo de sua empresa. É preciso estar sempre se atualizando.

Douglas Andrade conclui afirmando que mesmo com todos esses desafios, para entrar nesse negócio empreendedor, “não tem segredo. Todas as empresas tem dificuldades e desafios. Ninguém faz nada sozinho, tenho uma equipe muito comprometida, e que quer fazer a diferença na vida dos clientes. Quem paga nosso salário não é a empresa, mas sim o cliente, ele é o foco do nosso trabalho”.

 

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<