Empresário que chamou Xuxa de ‘louca’, ‘idiota’ e ‘imbecil’ é condenado à prisão pela Justiça

Publicado em

O empresário que cometeu injúria contra Xuxa Meneghel, chamando a apresentadora de “louca”, “idiota”, “irresponsável” e “imbecil”, em vídeos publicados nas redes sociais, foi condenado pela Justiça de São Paulo a quatro meses de prisão. A decisão, que não cabe mais recurso, saiu na última terça-feira (6). Em abril deste ano, a Justiça de São Paulo já tinha condenado Caruso a pagar uma indenização de R$ 30 mil à Xuxa Meneghel.

A postagem aconteceu devido a uma ação realizada sete meses antes pela ONG “Mercy for Animals”, que denunciou maus-tratos contra animais suínos em uma granja localizada em Minas Gerais. Na época, Xuxa foi a porta-voz da campanha.

<

Xuxa Meneghel, se você quiser fazer alguma coisa contra o agro, um setor tão sério, que leva esse país nas costas, não minta, não faça esse tipo de propaganda enganosa”.

Relembre

Em abril deste ano, a Justiça de São Paulo já tinha condenado Caruso a pagar uma indenização de R$ 30 mil contra a apresentadora, além de uma pena de quatro meses de detenção, em regime inicial aberto. Na época, o empresário recorreu da sentença.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<