Entenda o porquê Ana Hickmann e outros famosos acumulando dívidas milionárias

Publicado em

Marcelo Calone explica os motivos das dívidas e o que levou Ana Hickmann e outros famosos a colecionar grandes problemas financeiros.

As personalidades não são mais comercializadas como eram há 5 anos atrás. Hoje um agente, assessor, empresário, advogado, contador ou ela mesma, não tem as ferramentas certas para precificar, garantir e comprovar suas entregas para o contratante.

Os problemas financeiros começam nos orçamentos altos e incoerentes, feito como se tivéssemos num leilão com comissões estratosféricas e sem o pagamento dos devidos tributos fiscais. Hoje os famosos estão colhendo os frutos ruins de tratativas feitas na emoção, muitas vezes tendo que devolver dinheiro ou responder processos judiciais sobre as contratações, comprometendo a sua própria imagem, colocando em risco outros contratos comerciais, além de responder pelas indisposições legais, morais e regulares conforme as negociações.

Saber a importância da gestão de riscos e conformidades para a contratação da personalidade é indispensável para as empresas que estão eliminando seus custos adicionais, otimizando processos e economizando no orçamento. O mais grave para os contratados ativos, que estão na zona de perigo, são as auditorias que ocorrem até 5 anos pós contratação, para reaver os direitos dos contratantes sob a negociação feita, validando as projeções que devem ser claras e precisas, com garantia dos entregáveis.

O Gestor “Compliance Man” Marcelo Calone é CEO do Grupo CALONE® e criador da tecnologia DBIPro©️ que garante através das práticas de compliance a assertividade nas contratações de famosos, garantindo os entregáveis das negociações.

O gerenciamento de crises e conflitos é uma expertise dos gestores durante todo o processo comercial, que deixa o contratante seguro nas áreas de Marca, Comunicação, Marketing, Tecnologia,
Imprensa, Audiovisual, Eventos, Relações Públicas e Vendas. “Quando as marcas buscam uma celebridade para contratar, não tem conhecimento sobre a reputação, indisposições legais e regulares da personalidade. Não é uma tarefa fácil converter os problemas em adequação para reposicionar famosos no mercado corporativo. Todos os marcadores digitais de audiência, autoridade, influência, presença e reputação são fatores de riscos para as contratações.” afirma Calone.

Para melhor ou pior, o Gestor “Compliance Man” pode ser brilhante nas tratativas. “A lei protege o ‘Compliance Man’ e traz um time de gestores para cuidar de uma tratativa comercial – é preciso envolver especialistas. Não se faz gestão, apenas com um gestor”, completa Calone.

As empresas estão eliminando custos adicionais, otimizando processos, economizando no orçamento, demonstrando que possuem um regime efetivo de compliance na hora da contratação de personalidades. “É possível fazer muito mais com menos, e fazer mais com o orçamento aprovado” diz o gestor.

E o “Compliance Man” veio para legalizar, moralizar e regularizar essa real situação do universo de contratações. Este protocolo realmente entende a lógica do mercado atual, e o Gestor passa a ser o responsável pela negociação, desde a precificação até as conformidades das políticas e procedimentos da contratação. Isso o torna indispensável. O “Compliance Man” interpreta as regras. Ele escreve as regras. Ele é as regras. Os famosos não podem continuar ignorando o perigo, pois as empresas estão mudando a sua forma de contratar.

Marcelo Calone - CEO e Fundador do Grupo CALONE®️ - Foto Divulgação
Marcelo Calone – CEO e Fundador do Grupo CALONE®️ – Foto Divulgação

Marcelo Calone fala que não se contrata ninguém com problemas de reputação. “Não dá para contratar quem não entrega. Chegou ao fim a era do achismo, dando espaço para a ciência de dados. Investir em personalidades com indicadores baixos é o mesmo que rasgar dinheiro e levar uma marca a grandes prejuízos. A mesma pauta também é discutida quando falamos de compromisso econômico para o crescimento do nosso país, representando o combate à corrupção de orçamentos injustos e contratações incoerentes conforme as ODS 8 e 17 da Agenda 2030 – Pacto Global da ONU. Não dá para ter ídolos que não se adequem aos critérios mais discutidos no mundo: compromisso com o ambiental, o social e a governança”, comenta.

O desespero dos famosos por dinheiro se tornou uma pandemia de faturas atrasadas nos últimos anos, e os escândalos começaram a desqualificá-los, extinguindo contratações a médio e longo prazo, que por muitas vezes perdem o mercado para influenciadores desqualificados. Os grandes nomes nacionais e internacionais precisam profissionalizar urgentemente seu modelo de negócio e contratar uma gestão especializada em Riscos e Conformidades.

“Mais do que ética da convicção, guiada pela consciência, agora estamos num momento em que também precisamos da ética de responsabilização, segundo a qual somos responsáveis por aquilo que fazemos. Quem a adota guia-se por uma análise de risco”, disse Calone.

O CEO e Fundador da maior COMUNIDADE de RISCO e COMPLIANCE especializada em Gestão e Tecnologia para MARCAS, MÍDIAS e PERSONALIDADES, alerta: “A gestão e tecnologia de conformidade concebem todos os processos e programas para cumprir a base, diretrizes, leis, métricas, normas, parâmetros, políticas, regras e regulamentos para a reputação de uma personalidade. Marcas que faziam pouco caso dessa estrutura lá atrás, hoje tem seus diretores encarcerados sob nossas regras. O desafio atual é gerenciar informações que, no futuro, poderão ligar o alerta de perigo. Ter o controle disso é a grande oportunidade para tomada de decisão na hora da contratação”, finalizou

Equipe de Gestores - Grupo CALONE®️ - Foto Divulgação
Equipe de Gestores – Grupo CALONE®️ – Foto Divulgação

Ana Hickmann

O Grupo CALONE® gestiona personalidades como Amaury Jr., Cafu, Cláudia Rodrigues, Dani Albuquerque, João Kléber, Sônia Abrão, entre outros famosos. Os gestionados contam com a maior COMUNIDADE especializada em Gestão de RISCOS e CONFORMIDADES com sede em São Paulo – Brasil, Miami – Estados Unidos e Roma – Itália, responsável pela adequação moral e posição legal e regular do compliance para contratações e novas oportunidades no mercado.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<