Ex-BBB Caio relembra pé quebrado após comparações com Giovanna

Publicado em

Empresário do BBB 21 fala da vivência com a mesma fratura da sister do BBB 24 Três anos após viver a dor de um pé quebrado dentro do BBB 21, Caio Afiune vê Giovanna sofrer com a mesma situação na casa mais vigiada do Brasil. Assim como o empresário, a nutricionista do BBB 24 fraturou o quinto metatarso e precisou ficar mais de um mês com uma bota ortopédica além do uso de muletas.

Caio relembra à Quem como foi continuar no programa em meio à adversidade física, causada durante uma Prova do Líder, no dia 18 de fevereiro, com o risco de ser retirado do confinamento.

“Assustei demais, fiquei com muito medo de sair da casa para dar andamento ao tratamento aqui fora. Mas fui surpreendido positivamente quando a produção me pergunta se eu tinha vontade de continuar, porque o médico havia dito que era possível fazer o tratamento e me recuperar dentro da casa, seguindo as normas dele”, relatou.

Ele confessa como se sentiu com o imprevisto no reality. “Não participar de todas as provas é um pouco complicado sim, perdi um pouco a alegria no começo, porque sentia muita dor. Era complicado, porque eu não conseguia ficar em pé para cozinhar, não tinha como entrar na piscina, não tinha como ir na academia. Só que eu fui procurando outras formas de continuar vivendo o jogo e acredito que eu tenha conseguido”, declarou.

Caio pontua ter dado a volta por cima com a ajuda do melhor amigo no jogo, Rodolffo, com quem protagonizou diversas cenas virais ao longo da temporada. “Ganhei provas com o pé quebrado. Consegui continuar brincando, talvez não na mesma intensidade por conta da dor, mas eu consegui gerar um outro entretenimento. As brincadeiras e as ajudas que o Rodolffo me dava também, me carregando de um lugar para o outro. Continuei vivendo e buscando nas minhas limitações coisas que eu poderia continuar fazendo”, avaliou.
Ele ainda enxerga a vivência como uma grande chance de ter permanecido na disputa. “Não me senti prejudicado, pelo contrário, até agradeço a produção por ter me dado a oportunidade com o aval do médico. Fico muito feliz de ter sido dessa forma, ter continuado dentro da casa. Foram situações que eu pensava: ‘Tenho que passar por isso e ‘vambora””, afirmou.

“Se analisar o meu jogo, eu nunca abri a boca para reclamar ou me esconder atrás da dor ou atrás da fratura ou ficar me escondendo atrás das coisas que eu não podia mais fazer. Era uma coisa que me incomodava às vezes, querer malhar, querer entrar na piscina, querer cozinhar, mas eu não podia e vamos viver com o que eu podia”, completou.

Comparações com Giovanna

Por ter sofrido a mesma fratura de Giovanna, Caio virou alvo de comparações com a sister da atual edição. Ela quebrou o pé na primeira festa da temporada, logo no início do jogo, e ficou cerca de cinco semanas com o pé imobilizado.

Nas redes sociais, espectadores apontam comportamento abatido da mineira em contrapartida ao entretenimento gerado pelo agroboy divertido do BBB 21. “Nessa situação, que me compararam com a Giovanna, é muito complicado de eu expressar as coisas, porque a dor que eu sentia e a forma com que eu lidava com era parte minha, eu sabia o que eu sentia e o que que eu dava conta ou não”, opinou.

Caio pontua que a vivência de cada participante seja única mesmo que eles tenham sofrido a mesma fratura. “Talvez, a dor que ela esteja sentindo e a forma dela reagir a essa situação, interpretar esse machucado, estando em um jogo, sejam completamente diferentes da minha. Não estou dizendo que é certo ou errado. Eu fui para cima e continuei fazendo tudo dentro das limitações que eu tinha”, afirmou.

“Acho que eu não me comparo e nem comparo a dor que eu senti com a dor que ela sentiu, cada um tem uma forma de reflexo relacionada a dor. Só que, no meu caso, era muito maior a vontade de eu estar no jogo, continuar entregando algum tipo de entretenimento, brincando, andando, assobiando, tentando fazer as coisas que eu podia fazer”, explicou.

Ele reforça o fato de ter compensado a falta de acesso a algumas atividades com entrega no que estava ao seu alcance. “Quando eu ia para a prova que eu podia, eu ia para cima. Inclusive, ganhei muitas provas com o pé machucado, porque eu não bambeei. Fiquei firme, continuei lutando, batalhando, pelejando conforme as minhas limitações e continuei o game”, pontuou.
Caio ainda valida a dificuldade de quem se machuca dentro do reality, mas credita o seu esforço para não deixar se apagar no jogo. Ele conseguiu retirar a bota ortopédica dentro do confinamento após mais de um mês com o pé imobilizado e resistiu até o dia 20 de abril no programa, como 12º eliminado da temporada.
“Consigo falar muito por mim, que a minha determinação foi maior do que a dor e maior do que eu estava passando naquele momento com as limitações. Porém, deixo uma observação, não é tão fácil, você estar com dor, não poder fazer algumas coisas, mas cabe a gente procurar coisas que a gente possa fazer com as nossas limitações e foi o que eu tentei fazer”, concluiu.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<