Ex-BBB Rodriguinho faz textão e diz: ‘Reconheço que errei’

Publicado em

Eliminado do BBB 24, o cantor Rodriguinho fez uma avaliação de sua postura no reality show em um textão nas redes sociais

O cantor Rodriguinho foi eliminado do BBB 24, da Globo, na semana passada e escreveu um textão nas redes sociais para refletir sobre a sua participação. O artista avaliou suas atitudes e falas ao longo do jogo e se desculpou pelos erros.

“Estou passando aqui em respeito ao time Rodriguinho no BBB, aos fãs e a todas as pessoas que me acompanharam ao longo desses 36 anos de carreira e pela minha participação no BBB. Mas principalmente em respeito a todos que de alguma forma se sentiram ofendidos, desrespeitados ou decepcionados com algumas falas, falta de consciência e posicionamento correto sobre assuntos muito sérios com os quais estive envolvido no programa. Reconheço que errei, que estive num estado de medo e defesa constante por não ter conhecimento suficiente e por não ter me preparado emocionalmente para viver o programa”, disse ele.

Então, ele pediu desculpas por ter magoado as pessoas. “Entrei como um artista e redescobri um ser humano que desde os 10 anos viveu focado na carreira, muitas vezes sem tempo e atenção para a vida pessoal, para o que realmente importa. Preciso pedir desculpas por mim, pela minha família, por todos que foram envolvidos e suas famílias, e a todos, sem exceção, às todas as mulheres. Me desculpem pelos meus erros. Aos poucos, com o impacto saindo do BBB, tomo consciência de que estava numa bolha e não sabia o quanto esse comportamento estava errado. Me arrependo e me envergonho do que gerei de dor e por não saber que deveria ter me posicionado melhor”, contou.

Por fim, ele fez um agradecimento aos que o apoiaram ao longo do caminho. “Já estou buscando conhecimento e aprendendo sobre quem sou como homem e como artista, bem como sobre as responsabilidades sociais que nem imaginava existir antes de participar do programa. Aproveito para agradecer ao Boninho e a TODA equipe do BBB e à TV Globo pelo convite e pela confiança na minha participação. Foi uma das melhores e maiores experiências que vivi na minha vida, ao lado de pessoas incríveis. Jamais vou esquecer também da força da minha torcida e do time, todos que sonharam junto nesse jogo. Muito obrigado. Seguiremos juntos neste novo ciclo”, finalizou.

“Quando eu terminar, seremos 15. Estamos diante de um paradoxo. Todo mundo sabe o que é isso? Paradoxo é uma ideia que parece fazer sentido, parece construída com premissas razoáveis, mas, quando você analisa, você vê que não faz sentido. Ela fere a lógica, que essa ideia é uma contradição em si própria. Aqui temos o paradoxo de Rodriguinho. Rodriguinho quer ir embora. Ora, se você é o mais querido do paredão, o público vai querer que você fique. Portanto, o público não vai atender ao seu desejo, embora você seja o mais querido. Se você é o menos querido do paredão, o público quer mandar você embora, mas não é para atender a sua vontade porque você é o menos querido. Entendem? É um paradoxo”, disse ele.

“Evidentemente, dizer que quer ir embora, ajuda a ir embora. Dizer que R$ 3 milhões não fazem a diferença, que não está se importando com isso ou com aquilo, ajuda a ir embora. O telespectador, o mesmo cidadão que vai lá votar para eliminar, pensa: se eu estivesse aí dentro, eu ia dar muito mais valor. Jamais houve um campeão que trata-se a vitória como tanto faz. Agora, imagine se, depois de se esforçar tanto para ir embora, o Rodriguinho não vai. E se ele tivesse conquistado simpatia justamente por ser desse jeitão? Porque foi isso que ele fez aí dentro. É rabugento, mas é divertido, engraçado, é metido, mas é carismático, junta as pessoas em torno dele sem fazer esforço. Quando fica triste, e ficou, como jamais imaginou, todo mundo corre para cantar, para fazer ele ficar feliz, até os maiores adversários. Ele detona os adversários, fala barbaridades, mas é de um amor enorme com os seus. Desenvolveu uma rivalidade desde o começo do programa, mas é capaz de olhar exatamente para este rival e enxergar o próprio filho”, completou.

Então, Schmidt falou um pouco sobre os outros dois emparedados. “E se essa contradição toda for exatamente o que conquista o público, aí é programa para a Nanda, ou é problema para o Buda. Aí seria porque tem alguma questão mais importante em torno da Nanda, o que? Acabou de voltar de um paredão, que para todo mundo aí dentro parecia decidido. E se a força dela for o suficiente apenas para superar aquela adversária, e agora ela está indefesa. E o Buda, mais um estreante no paredão. Ninguém faz ideia se ele é daqueles que se bater no paredão sai ou se vai voltar de 10 paredões, ou se depende apenas de uma combinação certa para sair. E se a combinação certa for exatamente essa, Nanda e Rodriguinho, do mesmo time, do time que faz da acidez a sua graça. E se perto dessa dupla o capoeirista ficou sem qualquer graça. Será? Será que vale a pena ser um leão apenas dentro do quarto, como muitos pensam, ou é preciso partir para o cara a cara?”.

Por fim, o apresentador declarou: “Quem fica ainda tem tempo de acordar, ou vai dizer que prefere apertar o botão? Deu sorte neste paredão. Quem sai, sai pelo que fez, e pelo que disse, pelo que deixou de fazer, e pelo que deixou de dizer, e pela forma como as pessoas viram tudo isso. Sim, no BBB, você também depende disso. Aqui, valem muito as palavras do autor mexicano Dom Miguel Ruiz: “Seja impecável com a sua palavra”. Do contrário, o público pode ser implacável com você. E hoje o público decidiu que quem sai é quem queria sair, vem Rodriguinho”.

Ex Bbb Rodriguinho Faz Textao E Diz Reconheco Que Errei Egobrazil

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<