Fernando Fernandes abre o jogo sobre os maiores desafios do ‘No Limite’

O apresentador do programa No Limite, Fernando Fernandes revelou algumas das dificuldades nas gravações do reality show de sobrevivência, que estreia dia 18 de julho na Globo e terá um programa especial de apresentação no dia 13.

Em coletiva de imprensa, feita durante as gravações, o atleta confessou que “deu uma travada” quando recebeu a notícia de que seria na Amazônia: “Ela encanta e amedronta”.

“A gente vem preparado, achando que conhece alguma coisa sobre a floresta e tudo que vai encontrar aqui, mas quando vai para dentro dela, com o igarapé (rio) com 12, 15 metros a mais de água, mais alagado que o normal, a gente entra e aquilo vai te abraçando. E o calor daqui é algo que eu nunca senti na vida”, disse ainda.

O comandante da atração ainda refletiu: “Tudo é muito intenso aqui. Acho que essa questão de desafio sempre mexeu comigo, sempre me motivou. A zona de conforto para mim é estar no meio desse furacão, dessa bagunça a ser arrumada… O novo sempre me provoca muito”.

Fernando também comentou sobre a acessibilidade no local: “Não posso deixar de falar que eu estou sentado em uma cadeirinha aqui e tenho que criar meus caminhos pela floresta, pelo meio da mata. O que é difícil acaba sendo um prazer”.

“Todo dia aqui eu acordo pensando que vai ter uma coisa bem difícil pela frente e eu vou ter que lidar com isso de qualquer forma. O desafio é o que me move. Aqui é uma mistura de amor, beleza, pureza com medo”, ressaltou.

Fernando Fernandes Abre O Jogo Sobre Os Maiores Desafios Do
Fernando Fernandes abre o jogo sobre os maiores desafios do

Questionado sobre estar no comando do No Limite pelo segundo ano, Fernandes falou sobre a preparação e a edição anterior. “É tudo muito difícil ainda. Pra mim, foi uma experiência repentina a temporada do ano passado. Por mais que eu tenha meus outros programas, sobre esportes, que eu sei o que estou falando, a forma como estou falando, quando você fala que está indo para o entretenimento, atingindo muitas pessoas, uma equipe infinitamente maior, sabendo que tem uma responsabilidade grande… Tive que administrar não só a questão física, como psicológica, e até o que o público está esperando”.

Ele destacou que tudo é desafio, mas que a união da equipe para fazer a produção acontecer também o traz segurança. “Não é fácil para ninguém aqui. Mas esse ano tive uma preparação melhor, a gente vem discutindo as ideias, tendo uma relação mais próxima”, comentou. O apresentador também ressaltou a mudança na captação das imagens que traz a aproximação com o público, fazendo com que a gravação fique mais intimista.

– Conheça os perfis dos 15 participantes do ‘No Limite – Amazônia’

A edição de 2023 conta com 15 participantes, que serão divididos em duas equipes, Jenipapo e Urucum. Além dos famosos, Paulinho Vilhena, Carol Nakamura, Mônica Carvalho e Claudio Heinrich, os anônimos Marcus Vinícius, Simoni, Guilherme, Paula, Amanda, André, Pipa, que foi a vice-campeã da primeira temporada de No Limite, em 2000, Raiana, Fulý, Euclides e Greiciene integram o time.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

** A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Ultimas Noticias

Leia Tambem

Leia Mais