Ghabi exalta perseverança ao deixar área jurídica e priorizar a carreira musical

Publicado em

Com diversos singles lançados e várias reproduções nas plataformas digitais, Ghabi adentra ao time de novas promessas da cena musical brasileira. A autoconfiança da jovem somada a sua perseverança, a fizeram iniciar novas escritas em sua trajetória profissional, pois a carreira artística foi anunciada após seus 11 anos de atuação como advogada.

Segundo a artista, a influência que a levou a trilhar a carreira jurídica veio de sua família, que a incentivou a procurar uma profissão que pudesse resultar em uma estabilidade financeira. “Eu não vim de uma família abastada de recursos financeiros, então tínhamos nossas dificuldades. Minha mãe é arquiteta, mas sobrevivia com salário de professora e meu pai é vendedor. Então, tinha aquela coisa de querer buscar segurança dentro de uma profissão”, relembra.

A paixão pela música sempre esteve presente desde cedo, iniciada pelo incentivo de sua avó. “Sempre gostei de música. Comecei a tocar piano com três anos de idade, fiz conservatório brasileiro de música por anos e também estudei canto clássico”, conta a  artista. Apesar de ter esse amor pela arte, Gabhi resolveu seguir os conselhos dos pais e rumou para a área jurídica.

<

Embora tenha desfrutado de sucesso na advocacia, Ghabi sempre sentiu aquela chamada “pulguinha” da curiosidade sobre “e se eu tivesse tentado?”. Com o passar do tempo,  desejo falou mais alto e ela decidiu explorar o caminho da música. “Escolhi o direito, me formei e fui muito feliz na profissão. Por outro lado, sempre tive essa vontade em seguir por um caminho diferente. Até que chegou um belo dia que eu decidi tentar”, afirma.

Cantora é uma das promessas da atual cena musical
Cantora é uma das promessas da atual cena musical

Para Ghabi, há uma diferença notável nas gerações de hoje: a coragem. Ela observa que muitos jovens atualmente têm a confiança de seguir seus verdadeiros interesses, enquanto muitos de sua geração permaneceram na zona de conforto. Mas ressalta, que o importante é sempre correr atrás dos sonhos. “Eu vejo muitas amigas que se formaram em direito, seguiram a profissão e que sempre tiveram essa pulguinha do: ‘e se eu tivesse feito outra coisa’ e ‘se eu tivesse buscado outro caminho’. Acredito que nunca é tarde”, finaliza a cantora.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<