Gkay desabafa nas redes sobre críticas: “Xenofobia disfarçada”

Publicado em

Gkay, 30 anos de idade, usou as redes sociais para fazer um longo desabafo e citou a xenofobia como um dos motivos para escutar comentários sobre sua elegância ou a falta de interesse de determinadas marcas terem seus nomes associados ao dela.

O desabafo foi feito no Instagram Stories no fim de semana. Na rede social, ela comentou uma postagem que dizia: “‘Nunca foi tão forte, tão chique, você ser você mesma”. Sobre o assunto, Gkay respondeu: É isso que me move. Só eu sei o que passo aqui, sobre ouvir coisas como: mico, não segura o look, não é chique, não queremos nos associar com ela, ela não é elegante… Xenofobia disfarçada, enfim, só eu sei”, iniciou.

Na sequência, ela propôs uma análise: “Já pararam para pensar por que nenhuma marca daqui me contrata para trabalhos de moda?! Mesmo batendo recordes lá fora, mesmo sendo reconhecida, mesmo estudando inglês todos os dias para poder passar uma mensagem legal?”, questionou.

“Pois é. Mas tenho algo para dizer: NÃO VOU MUDAR MEU JEITO, minha essência, o que eu amo, só para entrar em um grupo seleto que precisa que você seja exatamente o que eles querem para se encaixar no mundo deles. Dispenso e escolho ser eu”.

Gkay

Gkay expõe xenofobia nas redes sociais

Em abril do ano passado, a influenciadora também havia se manifestado sobre a xenofobia que observava em comentários nas redes sociais. Na ocasião, ela exibiu prints de mensagens que criticavam a aparência e o sotaque nordestino.

“Eu admito todo tipo de crítica aqui na internet. Do meu corpo, minha cara, meu cabelo. Mas coisa relacionada a minha origem, ao meu sotaque e ao meu Nordeste, é processo, para cadeia. Porque xenofobia é crime. Pode me esculhambar, mas não toque no meu estado. Não admito”, disse ela.

Gkay também afirmou que usuários criam perfis falsos para enviar ataques. “Não adianta usar fake, nem correr porque a gente já está rastreando o IP. Porque tem como fazer isso, viu, gente? Tem como rastrear bem bonitinho de onde a pessoa é. Não cometeu crime? Agora, a gente vai atrás de vocês. Vamos parar com esse negócio de ‘pessoas assim não merecem atenção’. Merecem, sim. Racista, xenofóbico e homofóbico têm que estar dentro da cadeia. Vamos dar atenção, sim”, postou em abril de 2022.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<