Gretchen consultou Thammy e estudou leis antes de ir ao Catar: “Não tive medo nenhum de ser presa”

Publicado em

Cantora Gretchen, que tem gerado memes ao compartilhar sua rotina no país sede da Copa do Mundo 2022, também proibiu o marido, Esdras, de demonstrar carinho publicamente: “Foi tudo combinado”

Conforme o jornalista Rafael Godinho da Quem publicou, a brasileiríssima Gretchen, de 63 anos, tem dado o que falar com sua presença na Copa do Mundo 2022, no Catar. A Rainha dos Memes, conhecida por sua irreverência e sensualidade, está sendo obrigada a usar trajes mais comportados devido às rígidas leis locais. Algumas pessoas também questionaram o fato de ela ser mãe de um homem trans e aceitar cobrir o campeonato de futebol mundial, por conta de leis homofóbicas e pela violação de direitos humanos praticados no país. A Quem, a artista comenta como está sendo a experiência, afirma ter estudado a legislação da nação e disse ter tido o incentivo de Thammy Miranda para o trabalho.

Gretchen consultou Thammy e estudou leis antes de ir ao Catar: "Não tive medo nenhum de ser presa" - Foto: Acervo Pessoal / instagram
Gretchen consultou Thammy e estudou leis antes de ir ao Catar: “Não tive medo nenhum de ser presa” – Foto: Acervo Pessoal / instagram

“Está sendo uma experiência única. Eles me chamaram para ser correspondente oficial deles na Copa do Mundo e fizeram o convite. Eu achei incrível. Gosto de esporte. Principalmente de ginástica olímpica, mas não costumo acompanhar futebol”, admite ela, que está acompanhada do marido, o músico Esdras de Souza.

<

A Copa tem sido boicotada por alguns artistas defensores da comunidade LGBTQIAP+, como Rod Stewart, que abriu mão de uma proposta milionária para cantar; Mel C, das Spice Girls, que define a escolha pelo Catar para sediar o maior evento mundial de futebol como pura “ganância”; e Dua Lipa, que criticou as violações de direitos humanos ao negar rumores de um show. No Catar, a homossexualidade é considerada ilegal.

“Isso não pesou porque eu vim, além de trabalhar, conhecer essa cultura. Sei que existe essa opressão, com mulheres e LGBTQIAP+, porém eu não estou em um hotel. Até porque, se estivesse, não teria ficado de biquíni. Estamos hospedados em uma mansão. Os casais em uma casa e os solteiros em outra. E a piscina é privativa”, justifica a cantora, que recebeu o aval do primogênito.

Gretchen consultou Thammy e estudou leis antes de ir ao Catar: "Não tive medo nenhum de ser presa" - Foto: Acervo Pessoal / instagram
Gretchen consultou Thammy e estudou leis antes de ir ao Catar: “Não tive medo nenhum de ser presa” – Foto: Acervo Pessoal / instagram

“Eu acho que para uma mulher como você não tem limites. O céu é o limite para você que se supera a cada dia. Você é uma mulher forte, empoderada e dona de si. Não existe país preconceituoso que resista. Então, vá tranquila, porque você sempre soube se portar em qualquer lugar que vai. E curta muito”, desejou Thammy à mãe ao saber da oportunidade de trabalho dela.

Ao ser questionada se em algum momento ela temeu poder ser presa no Catar, por desobedecer alguma ordem sem saber, Gretchen nega. “Estudei as leis deles. E, além disso, procurei trazer somente roupas lícitas na cultura deles. Não tive medo nenhum de ser presa. É muito tranquilo. Me adaptei desde o momento em que cheguei. Em nenhum momento me preocupei em ser presa, porque já sabia de todos os costumes como, por exemplo, não ter atitudes de carinho publicamente como abraços e beijos. Foi tudo combinado por nós dois, eu e Esdras”, conclui.

 

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<