Gugu Liberato era dono do Graal? Entenda

Publicado em

Diante da disputa judicial em torno da herança deixada por Gugu Liberato, um boato foi reacendido nas redes sociais. O apresentador que morreu em 2019, aos 60 anos, era dono da rede de postos Graal?

Não. E ele próprio já desmentiu esse boato em uma oportunidade no extinto ‘Programa do Porchat’, na TV Record. Questionado por Paulo Vieira, Gugu explicou: “Existe essa lenda, mas não é meu. Eu tenho uma participação em uma das unidades”.

Há até quem diga que Graal seria sigla para Grupo Rodoviário Alimentício Augusto Liberato, outra lenda desmentida pelo apresentador, que confirmou que o nome da rede homenageia o Santo Graal. A rede Graal nasceu em 1974 nas mãos da família Alves, que construiu um primeiro posto com restaurante às margens da rodovia Régis Bittencourt, em Pariquera-Açu (SP). Hoje, a companhia reúne mais de 50 postos.

<
Justiça adia audiências sobre Gugu; mãe dos filhos pede que união estável seja reconhecida
Justiça adia audiências sobre Gugu; mãe dos filhos pede que união estável seja reconhecida

A participação de Gugu em uma unidade do Graal faz parte do patrimônio de cerca de R$ 1 bilhão deixado pelo apresentador e que é centro de um litígio familiar. Em 2011, Gugu escreveu um testamento onde destinava 75% do valor para João Augusto, Sofia e Marina, seus filhos; e 25% para seus cinco sobrinhos.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<