Henri Castelli tem sequelas permanentes em decorrência de agressão, revela nova perícia

Publicado em

Quase três anos após Henri Castelli ter sido agredido em um restaurante em Barra de São Miguel, no Alagoas, uma nova perícia afirmou que o ator ficou com uma sequela permanente. O documento foi divulgado nesta quarta-feira (1º) pelo UOL, e faz parte do processo que Castelli move contra os empresários Guilherme Accioly e Bernardo Malta.

De acordo com o laudo do perito Basílio de Almeida Milani, o artista tem uma perda de sensibilidade da pele conhecida como parestesia. A condição está localizada no lado direito do rosto, entre a boca e o queixo, local onde foi a pancada. “A parestesia, por estar presente por aproximadamente três anos, deverá ser permanente e não há tratamento, na atualidade, que possa ser indicado que tenha um prognóstico certamente favorável”, explicou o profissional.

Henri Castelli tem sequelas permanentes em decorrência de agressão, revela nova perícia
Henri Castelli tem sequelas permanentes em decorrência de agressão, revela nova perícia

Segundo Milani, as mandíbulas do ator não estão exatamente iguais, mas a diferença é aceitável. “Não é uma assimetria anormal ou acentuada a ponto de caracterizarmos como uma deformidade”, apontou. Contudo, ele destacou que não é possível fazer uma avaliação definitiva, visto que não existem exames de Henri antes do trauma. “Infelizmente a perícia não consegue avaliar, usando um rigor científico, se o requente [Castelli] após o tratamento voltou a ter o formato da sua mandíbula exatamente como era antes”, declarou.

Já o ator afirmou que tem a sensação contínua de deformação e segue sentindo dores na região da mandíbula, principalmente em dias em que a temperatura fica mais baixa. Como resultado, ele costuma esconder parte do rosto com as mãos.

Henri Castelli sofreu graves lesões por agressão. (Foto: Arquivo Pessoal)

A Polícia Civil de Alagoas indiciou os empresários Guilherme Accioly e Bernardo Malta por agressão em janeiro de 2021. O processo, entretanto, ainda não foi julgado. A defesa de Accioly acusa Castelli de ter começado a confusão por estar “alterado e imbuído de uma valentia desnecessária”.

O motivo da briga seriam questões profissionais. O advogado diz que o ator partiu em direção a Malta “para tirar satisfação e enfrentá-lo através de contato físico”. Guilherme, por sua vez, relatou ter recebido um soco no rosto do artista ao tentar separar os dois, e, “por instinto”, revidou o golpe. Accioly ainda descreveu a narrativa de Castelli como “esdrúxula” e que ele “inverte toda a situação”.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Leia Mais