Herdeiros de Elza Soares continuarão recebendo direitos autorais por 70 anos

Publicado em

Herança chocante que Elza Soares chega a ser inacreditável

A eterna diva da música brasileira, Elza Soares foi uma das nossas maiores referências culturais  em todo Brasil e se tornou uma lenda viva, ainda em vida, tendo lançado mais de 35 álbuns e acumulando um repertório invejável com  mais de 800 gravações.

Porém infelizmente, nós a perdemos aos 91 anos, vítima de uma morte por  causas naturais no início deste ano, deixando o Brasil extremamente entristecido com a sua partida. Porém o legado musical que ela nos deixou será eternizado junto da imagem dela, uma mulher forte que batalhou contra todos os preconceitos e chegou no topo.

<

Mas o seu legado financeiro ficou  financeiramente acessível, artisticamente falando, para seus herdeiros diretos. O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD) se pronunciou em nota à imprensa sobre a herança deixada pela famosa.

Elza Soares (Foto Reprodução/Internet)
 Elza Soares (Foto Reprodução/Internet)

Na nota divulgada, a corporação lamentou, inicialmente, a partida da cantora Elza Soares:

“A artista era conhecida pela interpretação única em casa canção e voz marcante, além de sua história e força, representatividade e superação.” –Dizia trecho do comunicado.

Logo em seguida, o ECAD expôs que há exatamente 864 gravações da cantora registradas na corporação, as quais os seus herdeiros irão continuar recebendo pelo direitos autorais pertinentes das canções durante um período que surpreendeu a todos.

“Esse pagamento é assegurado por 70 anos, após a morte do autor (ou do último autor, em caso de parcerias), conforme determina a lei do direito autoral.” –Declarava a nota oficial divulgada à imprensa.

<

Ou seja, os herdeiros de Elza Soares irão usufruir de uma fortuna absurda deixada pela artista e, sem dúvidas, ganharão ainda mais, afinal de contas, o valor só está acumulando por mais de 70 anos.

Netos de Elza Soares (Foto Reprodução/Internet)
Família de Elza Soares (Foto Reprodução/Internet)

O grande último trabalho da Elza Soares, curiosamente, foi lançado em vida no ano de 2021, meses antes de seu falecimento em janeiro de 2022, no entanto, foi gravado na década de  90 e divulgado somente 30 anos depois. O álbum foi realizado em parceria com João de Aquino.

O símbolo da luta  contra preconceitos

A cantora Elza Soares se tornou, ao longo de sua carreira, como mencionamos anteriormente, um verdadeiro símbolo antirracista, contra a violência doméstica e intolerância religiosa. Inspirando diversas gerações a lutarem por sua causa, fosse contra o preconceito ou exaltando o feminismo. E até hoje é lembrada em algumas movimentações artísticas e manifestações.

Vale destacar que a artista veterana abordava temas muito delicados da sociedade em suas canções, além de levantar bandeiras de apoio às minorias desfavorecidas. A cantora enalteceu muitas mulheres e principalmente deu voz aos negros.

Elza Soares foi um dos maiores símbolos da luta contra racismo e violência contra a mulher (Foto Reprodução/Internet)
Elza Soares foi um dos maiores símbolos da luta contra racismo e violência contra a mulher (Foto Reprodução/Internet)

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<