Inteligência Artificial pode substituir profissionais de Inovação como Designers e Programadores

Publicado em

O Especialista Leandro Rezende responde: “Essa é uma pergunta que assombra profissionais de programação, design e inovação em geral em todo mundo depois do lançamento do Chat GPT da Open AI, startup co-fundada por Elon Musk, que responde perguntas de uma forma incrivelmente reais e polêmicas.”

Leandro Rezende, um dos profissionais mais conhecidos da área de Design de Experiência do Usuário no Brasil, que já apoiou mais de 60 mil alunos em mais de 60 países em seus treinamentos, atua com inovação e UX Design para uma empresa de São Francisco nos EUA, coordena no Brasil uma pós-graduação em UX Research em parceria com a Toronto School of Management no Canadá, e tem mais de 20 certificações internacionais, sendo um dos 5 profissionais listados no Brasil como UX Master pela Nielsen Norman Group, empresa líder mundial em experiência do usuário baseada em pesquisa.

Leandro concorda que a tecnologia é realmente impressionante e a discussão vai muito além da substituição de mão de obra. “Ao invés de pensar se a tecnologia pode nos substituir, o momento é de pensar em como a tecnologia pode catalizar nossa performance. Como ela pode nos ajudar a fazer nosso trabalho mais rápido e com mais qualidade. Não vejo a IA substituindo o trabalho de UX Designers ou programadores, mas certamente vejo como as IAs podem nos apoiar.”.

Rezende afirma: “As Inteligências Artificias não tem habilidade para construir coisas novas a partir do zero. Elas fazem tudo orientadas por treinamentos realizados por humanos. Somos nós que entregamos as informações que elas podem usar e processar para gerar algum tipo de resultado de volta. O que torna assustador, é que elas podem aprender com bilhões e bilhões de informações em uma velocidade sobre-humana.”

O Especialista afirma: “Estamos vivendo um momento de aprendizado em que profissionais que sabem entregar as informações certas e realizar perguntas bem direcionadas para as inteligências artificiais estão criando coisas incríveis. Chega a ser viciante e já coloquei inúmeras horas da minha vida apenas testando os limites dessas novas tecnologias, mesmo não sendo um especialista em programação pyton ou algoritmos de IA.”

Perguntado em que essa tecnologia seria mais útil, Leandro diz: “Você pode pedir respostas pra cálculos simples e até mesmo desafios complexos de negócios. O Google também realiza cálculos, mas você precisa falar a língua dele para perguntar. Nas novas ferramentas, você pode perguntar como perguntaria para um amigo, usando sua linguagem natural. Algumas coisas que estou descobrindo na prática: a IA não te dá uma boa resposta se você pedir para criar um software de delivery de comida, por exemplo, mas certamente vai ajudar no seu trabalho se você perguntar que tipos de indicadores são importantes para um restaurante gerenciar um serviço de delivery.”

O Especialista continua: “Você também poderia perguntar quais são as maiores reclamações que um aplicativo de delivery tem nas lojas de aplicativos, um trabalho comum que realizamos como UX Designers para encontrar dores e dificuldades, por exemplo. E tudo isso com linguagem simples, humana e sem precisar de conhecimento profundo em banco de dados para operar ou filtrar esses resultados.”

Rezende chama atenção a uma coisa: “Isso não substitui pesquisas com usuários e gestores reais, mas pode gerar muitos insights para otimizar o trabalho dos profissionais. É como se a experiência do usuário para realizar trabalhos com dados estivesse sendo extremamente otimizada. Cada vez menos linguagens de programação e cada vez mais linguagem natural para realizar trabalhos complexos de identificação de padrões. Perceba que conhecer a estratégia e a direção, além de ter visão sobre o produto, são essenciais para fazer uso dessas tecnologias. Esse trabalho é mais difícil de substituir e continuará sendo realizado por humanos por um bom tempo.”

Para saber mais segue o Leandro Rezende no instagram.com/uxunicornio

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<