Lázaro Ramos conversa com ator de novela do SBT e faz proposta

Publicado em

A TV ZYN, canal jovem do SBT, juntamente com o Prime Video, realizou um encontro especial entre Miguel Ângelo, protagonista de Romeu, na novela “A Infância de Romeu e Julieta”, e o ator Lázaro Ramos. Miguel sempre admirou o experiente ator, que o define como ‘grande inspiração’.

No bate-papo, Lázaro declara que consegue se ver no intérprete de Romeu. Durante a conversa, os dois puderam se abraçar e dialogar pautas sociais e temas sobre o mercado da dramaturgia. Um momento emocionante que será exibido nesta segunda, 22 de maio, 12h, no canal da TV ZYN no YouTube.

Lázaro: “Tem uma coisa que pouca gente sabe, mas a minha primeira experiência com TV foi no SBT baiano, na TV Itapoan na época. Eu fui chamado para fazer um especial de natal, eu era criança do tamanho do Miguel, eu tinha 10, 11 anos, mais ou menos, e foi a primeira experiência. Depois disso, eu fui convocado para fazer uma novela chamada ‘Colégio Brasil’, também no SBT. Acabei não vindo para essa novela, mas desde então, eu fiquei pensando muito assim: “Poxa! Qual um espaço legal que uma criança tem para poder exercer essa profissão, que pode ser muito divertida também?”. E eu percebia isso nas novelas, e é lindo ver o Miguelzinho assim, eu me sinto um pouco espelhado nele, porque ele está vivendo um sonho, está contando uma história, está fazendo uma novela, sendo um protagonista, sendo um herói, que para nós, povo preto deste país, é uma coisa muito importante, a gente perceber essa cara que nos representa tanto. E ver o Miguelzinho, que tem esse talento gigante e esse carisma gigante neste lugar, é um motivo de celebração para mim.”

Lázaro: “Posso fazer uma pergunta, Miguel? Vou fazer uma pergunta que não é para você falar de mim, tá?! Mas é o seguinte: eu quando era pequeno, eu comecei a fazer teatro sem nunca ter visto uma peça de teatro, mas quando eu cheguei naquele lugar comecei a sonhar em ser ator. Eu queria saber quando foi que você começou a pensar em ser ator?”

Miguel: “Então, na verdade eu nunca tinha pensado em ser ator. Foi assim: eu estava andando no shopping com minha mãe e passou uma menina e falou assim: “nossa, seu filho é muito bonito! Será que ele gostaria de fazer uma participação aqui na série ‘O caçador’”. Daí a gente foi lá, aceitou, eu fiz o teste e fui aprovado. Aí quando eu fiz esse primeiro (teste), eu achei muito legal e maravilhoso, daí comecei a querer ser ator.”

Lázaro: “Que coisa linda. Eu estava contando para o pessoal aqui, antes de você chegar, que a primeira experiência que eu tive como ator foi no SBT, em Salvador, era um especial de natal e depois quase uma novela. Fiquei dizendo assim: “queria ter feito, queria ter experimentado”. Era uma novela chamada ‘Colégio Brasil’ e naquela época, como é um pouco a nossa história, muitos espaços na teledramaturgia para atores negros não estavam abertos, nossa presença era muito rara. E hoje em dia, é um motivo de muita alegria para mim ver você nesse lugar, protagonizando. Você sabe o como isso é importante para várias outras crianças que estão te vendo como representante, estão sonhando também a partir de você e estão se identificando com o que você está fazendo. Eu tenho essa experiência já há alguns anos e isso é muito importante para mim. Queria saber como é que você pensa sobre esse assunto.”

Miguel Ângelo e Lázaro Ramos – Foto: Ramon Freitas / SBT
Miguel Ângelo e Lázaro Ramos – Foto: Ramon Freitas / SBT

Miguel: “Então, para mim é um assunto muito importante que a gente realmente tem que tocar em 2023, que também é um assunto muito delicado. As pessoas ficam muito cheias de dedos para poder falar, mas a gente tem que falar a verdade, que a gente precisa desse espaço, que estamos conseguindo pelo menos pouco a pouco e essa novela que eu estou fazendo é uma novela que a maioria do núcleo tem pessoas negras, então, é bem importante.”

Lázaro: “O que eu acho mais lindo sabe o que é, é que vocês estão falando de sonho também [na novela], de beleza, de aventura. Esse é um lugar importante para gente também, né?! Porque, às vezes, a gente aparece falando das nossas dores e não fala daquilo que a gente tem de potente, da nossa alegria, daquilo que a gente constrói. Isso é muito lindo, viu?! Parabéns.”

Miguel: “Eu também queria te fazer uma pergunta, em algum momento da sua carreira, você já pensou em desistir de ser ator? Porque a gente sabe que não é fácil, que realmente temos poucas oportunidades no mercado.”

Lázaro: “Todo dia, até hoje ainda. E por vários motivos. Tem dias que é por essa questão, pela pouca falta de espaço, em algum momento teve isso, mas tem dias que é pela insegurança ou por achar que eu não vou conseguir realizar os sonhos que eu ainda tenho. Só que ao mesmo tempo tem uma coisa muito legal, cada vez que eu estou em cena, é o motor e vitamina para mim, porque aí eu tenho muito prazer com esse trabalho e eu estou disposto a lutar minha vida toda para continuar fazendo ele, sabe? Isso é muito lindo da nossa profissão, quando você estiver em cena, e você encontrar alegria e prazer em fazer isso, esse é o gás para seguir.”

Miguel: “Eu não sei se o pessoal já sabe, mas a gente já se conhecia antes. Nós fizemos outros trabalhos. Eu fiz o teste para ‘Medida Provisória’, só que eu não passei, o Lázaro falou que eu era muito bom, porém, eu não tinha idade e ele precisava de um garoto maior. A gente fez uma peça juntos também, que era ‘O Amor Como Revolução’. No teste de ‘Medida Provisória’, ele falou que um dia iríamos trabalhar juntos, daí trabalhamos nessa peça e agora estamos no Prime Video.”

Lázaro: “‘O Amor Como Revolução’ foi uma peça de teatro que eu produzi e ele (Miguel) fez como ator. Aqui nós estamos juntos no Prime Video, ele na novela e eu em outros projetos. Só que estamos nos devendo uma coisa, eu te dirigir e a gente trabalhar como ator um do lado do outro. Topa?”

Miguel: “Topo!”

Lázaro: O pedido foi que eu falasse com o Miguel como o Lázaro do passado, dando um conselho e falando algo que eu falaria para mim mesmo. Conselho é sempre algo difícil da gente dar, porque os tempos mudam, os desejos mudam e a gente vai se moldando a isso. Mas tem uma coisa que não dá para eu não dizer para um ator e isso eu acho muito importante. Primeiro, o estudo dessa profissão é importante, ter prazer em estudar e decorar o texto, conhecer a história de quem veio antes de você e ao mesmo tempo, criar a sua assinatura, o seu jeitinho de fazer essa profissão. Mas eu acho que nessa idade, você todo dia tem que procurar alguma coisa que nos alimenta, que é o prazer. Então, se divirta com sua profissão, se divirta com suas cenas e todos os dias diga ‘sim’. Saiba que você é poderoso, que tem muito talento e que merece estar nesse lugar.

A conversa na íntegra será exibida no dia 22 de maio, 12h, no canal da TV ZYN no YouTube.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<