Luana Piovani revela problemas de saúde e violência processual na Justiça com Scooby

Publicado em

Neste domingo (23), Luana Piovani revelou os efeitos colaterais que vem sofrendo com a briga judicial contra o ex-marido, o surfista Pedro Scooby. Em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record, a atriz contou que adquiriu crises de ansiedade, sofreu violência judiciária e como o processo começou a afetar seus próprios filhos.

Em um desabafo, Luana certificou-se de que este tem sido o momento mais difícil de sua vida, uma vez que atingiu diretamente as crianças, Dom, de 10 anos, e os gêmeos Liz e Bem, de 7. “Talvez tenha sido quando eu percebi que estava esbarrando nos meus filhos. No meu mais velho, o Dom, que percebe mais. Me doeu profundamente, porque eu vivi isso, tenho essa memória e vivi na separação dos meus pais”, lamentou.

Continua depois da Publicidade

A reportagem recordou as discussões na internet protagonizadas pelo ex-casal sobre a pensão e criação dos filhos, bem como os textos de Dom publicados nas redes, contra a mãe. Em alguns trechos, o garoto de 10 anos escreveu: “Mãe, não adianta tentar tirar os patrocinadores do meu pai”. “Algumas pessoas podem estar do seu lado, mas os seus filhos não”, disparou em outro. “A gente não aceita mentira”, disse em seguida.

<

À repórter Fabiana Oliveira, Piovani justificou que o termo “apunhalada pelas costas”, utilizado após ter conhecimento das publicações do primogênito, foi destinado a Scooby.[Me referi] a essa sensação terrível que é você viver uma vida com alguém e depois não reconhecê-la. A grande parte das mulheres que se separam acaba tendo muitos problemas com a divisão de responsabilidades. Então é difícil você reconhecer no outro alguém que você não conhecia”, esclareceu.

Ao relembrar o processo em Portugal, a atriz contou que não pôde comparecer a uma das audiências por motivos de trabalho, e que sentiu-se prejudicada pela Justiça do país. “Eram as últimas gravações da novela, e isso não foi levado em consideração. A audiência aconteceu como se eu não tivesse ido, como se eu não tivesse dado importância”, criticou a artista.

Foto: Reprodução/Record)
Foto: Reprodução/Record)
Continua depois da Publicidade

Foi nessa ocasião que Pedro Scooby ganhou a ação que movia contra a ex-mulher, na qual pedia que Luana não citasse mais seu nome. “Eu chamei fantasiosamente de ‘mordaça’, mas tirei um ensinamento disso, e consigo entender que a gente também se comunica através do silêncio”, admitiu Piovani.

Após a audiência mais recente, Luana voltou a criticar o sistema judiciário português, apontando ter sido constrangida de diversas formas. “Era uma audiência de conciliação, mas que em nenhum momento parecia que essa palavra estava liderando aquele encontro”, afirmou. “E eu não sabia que existia algo chamado violência judiciária. Eu sofri violência judiciária e só fui entender depois. Era uma juíza e ela me constrangeu quando ela falou sobre o salário mínimo português, como se ela vivesse baseada em um salário mínimo ou como se o nosso nível de vida também se baseasse nisso”, relatou a atriz.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<