No Barco Pelo Mundo dá 4 dicas de remuneração para viver em um veleiro

Publicado em

Com a vida agitada que o ser humano leva no mundo atual, muitas pessoas acabam encontrando modos menos convencionais para viver, como é o caso do casal Tatá Martino e Freire que em um determinado momento decidiram largar a vida terrestre para viver em alto mar. Eles, que criaram o canal No Barco Pelo Mundo, afirmam que essa foi a melhor decisão que tomaram na vida.

No perfil do casal, recebem inúmeras perguntas curiosas sobre como é viver em um veleiro. Tatá comenta que inicialmente tinha um certo receio em largar tudo, mas que em menos de 3 meses, já nem se lembrava das coisas que haviam ficado para trás. Conhecendo cidade por cidade, ganhando diversas experiências junto aos seus dois cães que são parte da família, eles decidiram dar 4 dicas imperdíveis para quem deseja saber como ser remunerado enquanto se aventura no mar. Confira:

Trabalhe em terra

<

“Mesmo estando em alto mar, não deixe de lado a opção de trabalhar em terra. Para uma transição inicial, isso pode proporcionar mais economia nos custos fixos e fornecer uma melhor qualidade de vida, além de experiência e você também pode colecionar memórias conhecendo várias pessoas”.

Salling Experience

“Para quem não conhece essa prática, também chamada como ‘charter’, seria alugar a cabine do seu barco por um dia ou semana e oferecer aos seus passageiros uma experiência a bordo. Isso pode trazer uma renda-extra para você, além de ser uma troca de experiência prazerosa”.

Trabalhe remotamente

“Com a pandemia, muitas empresas decidiram manter as vagas remotas, então atualmente você tem uma maior possibilidade de ganhar dinheiro e, ao mesmo tempo, liberdade geográfica. Muitas pessoas que vivem em veleiros ou outros meios de transporte, acham essa prática uma boa escolha”.

<

Empreendedorismo digital

“Atualmente quase 50% das pessoas têm comprado mais online por conta da pandemia. Por isso, o mercado digital está bem promissor, para várias áreas de conhecimento. Então por que não começar a vender suas horas de trabalho online?”.

Conheça mais No Barco Pelo Mundo:
https://instagram.com/nobarcopelomundo

https://m.youtube.com/c/NoBarcoPeloMundo

No Barco Pelo Mundo - Crédito da Foto: Acervo Pessoal / @rnassessoriaimprensa - Divulgação
No Barco Pelo Mundo – Crédito da Foto: Acervo Pessoal / @rnassessoriaimprensa – Divulgação

Imprensa Concedida por: Roberta Nuñez – https://instagram.com/rnassessoriaimprensa

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<