Pabllo Vittar se posiciona contra projeto de lei que proíbe casamento homoafetivo

Publicado em

Em um cenário de debates acalorados sobre a possível proibição do casamento homoafetivo no Brasil, a cantora e renomada drag queen Pabllo Vittar usou as redes sociais para expressar seu desacordo com a ideia. Na terça-feira (10), ela se manifestou de forma contundente após a aprovação do projeto de lei em uma Comissão da Câmara dos Deputados. O relatório do deputado Pastor Eurico (PL-PE) foi aprovado com 12 votos a favor e cinco contra.

Através do Stories do Instagram, Pabllo Vittar compartilhou suas preocupações com seus seguidores: “Tantas coisas horríveis acontecendo no país e a maior preocupação é se gays podem ou não se casar, que retrocesso”.

Apesar da aprovação do projeto na Comissão, ainda existe um longo caminho a ser percorrido para que a proibição do casamento homoafetivo se torne lei, uma vez que a proposta implica em alterações no Código Civil. Nesta terça-feira, houve uma discussão na Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família.

A proposta também precisa passar por votações nas Comissões de Direitos Humanos e Constituição e Justiça. Em ambas as câmaras, os representantes se manifestaram majoritariamente contra o projeto de lei. Há ainda a expectativa de que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), possa não levar a votação adiante.

Pabllo Vittar faz desabafo após ataques na web: 'Não tenho mais energia para revidar'
Pabllo Vittar faz desabafo após ataques na web: ‘Não tenho mais energia para revidar’

Desabafo de Pabllo Vittar sobre amor e solidão

Além de seu posicionamento firme sobre a questão do casamento homoafetivo, a cantora Pabllo Vittar também abriu seu coração em uma recente entrevista ao site Glamour. Aos 29 anos, Pabllo, conhecida como uma das maiores drag queens do mundo e a mais seguida nas redes sociais, fez um sincero desabafo sobre sexo, solidão e relacionamentos.

Ela compartilhou que, apesar de sentir o carinho dos fãs e de sua família, não consegue encontrar a mesma reciprocidade ao se relacionar com homens. “Sempre fui livre sexualmente para falar o que sinto, mas não me sinto amada. Eu sei que tenho o amor dos meus fãs, porém não me sinto… Às vezes, me sinto um produto. A pessoa vai lá, compra, leva para casa e coloca na prateleira”, afirmou a artista.

Pabllo Vittar, além de sua carreira musical e de influência na comunidade LGBTQ+, tem usado sua voz para abordar questões de relevância social e promover a igualdade de direitos. Sua postura em relação ao projeto de lei que visa proibir o casamento homoafetivo demonstra seu comprometimento em lutar pelos direitos da comunidade LGBTQ+.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<