Publicado em

Pahby acusado de gordofobia se desculpa pessoalmente com Paolla Oliveira

O repórter Pahby, que recentemente gerou controvérsia por fazer uma pergunta a Paolla Oliveira ao citar sua experiência própria como ex-obeso ao falar dos ataques sofridos pela atriz por conta de seu corpo, foi muito atacado na web por ser acusado de gordofobia contra a rainha de bateria da escola de samba Grande Rio.

Além de ter feito um comunicado em seu Instagram depois da repercussão, Pahby reencontrou Paolla no Desfile das Campeãs, na noite de sábado (17), e se desculpou pessoalmente.

“Nunca foi minha intenção te ofender, nem falar nada… eu fui muito atacado. Mil desculpas”, disse ele. Paolla, já na avenida da Marquês de Sapucaí, tranquilizou o repórter. “Faça como eu, dê importância ao que você tiver que dar, está bem? Você sabe o que você falou, eu sei o que eu respondi, está tudo certo”, respondeu.

Entenda o caso

Recentemente, Pahby, durante o primeiro desfile da Grande Rio na Sapucaí, no último dia (11), ele fala com Paolla sobre corpo livre, aceitação e representatividade, diz que foi um ‘homem obeso’, e que sabe como é ‘importante se amar e se aceitar’.

Na última quinta (15), ele foi ao Instagram se retratar. “Que loucura é essa que eu chamei a Paolla Oliveira de obesa? Ela não é obesa. Ela é uma mulher padrão, magra, esbelta. Quero pedir desculpas se alguém entendeu isso. Quero pedir desculpas a Paolla Oliveira. Na hora ela não escutou, mas depois ela viu o vídeo e achou isso”, começou Pahby.

“O que eu fiz ali foi agradecer a Paolla, de maneira pessoal, por ela estar levantando a pauta de corpo livre. Porque eu, como um ex-obeso, bariátrico, não tive na minha juventude nenhuma Paolla Oliveira para falar sobre autoaceitação”, completou.

“O que eu fiz ali foi agradecer a Paolla, de maneira pessoal, por ela estar levantando a pauta do corpo livre. Porque eu, como um ex-obeso, bariátrico, não tive na minha juventude nenhuma Paolla Oliveira para falar sobre autoaceitação. E a Paolla Oliveira falar para a gente que a gente pode se aceitar é de uma generosidade… É de um carinho tão grande! E a Paolla ter que ir para o Fantástico para falar sobre os ataques que ela estava recebendo sobre o corpo dela… Isso tudo é de uma loucura e um adoecimento social. É muito difícil falar, porque são várias camadas”, ainda disse o repórter.

 

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Leia Mais

<