Preta Gil fala do câncer: ‘A doença humaniza, de verdade, a morte’

Publicado em

Cantora foi a convidada do ‘Roda Viva’ desta segunda (4) A cantora Preta Gil, de 49 anos de idade, convidada do programa Roda Viva, da TV Cultura, desta segunda-feira (4), disse que o câncer mudou sua relação com a morte. Vale lembrar que ela encerrou recentemente o tratamento contra um câncer no intestino.

“[O câncer] mudou sim minha percepção da morte. Não tira mais meu sono. Eu me cuido pra que tenha uma vida longeva, até quando Deus quiser. Conversei bastante com Ele e eu acho que não tenho mais aquela angústia. A doença humaniza, de verdade, a morte. Te aproxima de verdade e você faz uma desconstrução”, explicou.

Preta, que é constantemente criticada por mostrar suas cicatrizes, também falou das marcas em seu corpo e de como se orgulha delas: há uma no peito (por onde ela fez a quimioterapia), uma no meio da barriga (quando retirou o tumor) e outra na lateral (da bolsa de ileostomia).

Preta Gil fala do câncer
Preta Gil fala do câncer

“É preciso deixar de ser refém desses rótulos e estigmas que foram expostos por uma sociedade patriarcal, pra que a mulher se sinta diminuída o tempo inteiro. O fundamental é a liberdade.

Eu quero usar biquíni, postar, vou viver muito e vou me privar por que tenho uma cicatriz? A cicatriz se dá num corpo vivo e, se estou viva, passei por uma luta, a cicatriz é símbolo dessa vitória. Cicatriz é vida”, explica.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<