A Fazenda 15: Professora vem à público e expõe suposta dívida a jornalista Rachel Sheherazade

Publicado em

Neste último dia 20, surgiu uma controvérsia em torno da jornalista Rachel Sheherazade que chamou a atenção do público. Durante o programa “A Tarde É Sua”, uma professora de uma faculdade em São Paulo revelou que a atual participante do reality show estaria supostamente endividada com os funcionários dessa instituição de ensino.

Ao que parece, Rachel Sheherazade assumiu a função de mantenedora da Faculdade Pentágono em maio de 2022, com o objetivo de ajudar a instituição a evitar um fechamento iminente. Isso ocorreu porque a pandemia resultou em uma queda de mais de 50% no número de estudantes, tornando difícil a continuidade das operações da faculdade.

No entanto, conforme mencionado pela professora, a jornalista não pareceu estar muito envolvida e, eventualmente, a faculdade encerrou suas atividades em julho deste ano, sob a decisão da mantenedora. Além disso, muitos funcionários ainda não receberam seus salários e nenhuma ação foi tomada até o momento. “Era uma faculdade pequena. Antes da pandemia, havia cerca de 800 alunos, mas após a pandemia, esse número caiu para 300”, explicou Janaína Barbosa Ramos, professora da instituição.

Ela acrescentou que essa diminuição preocupou os proprietários da faculdade na época, levando-os a decidir vender o negócio na esperança de que as operações continuassem e alguém investisse na instituição para mantê-la funcionando. Rachel Sheherazade foi quem adquiriu a faculdade nesse contexto.

Janaína relatou que a jornalista entrou com muitas ideias e planos, mas, infelizmente, não os implementou. “Tivemos dificuldades em receber os acordos que foram feitos. Não sabemos o que aconteceu com eles. Mas sabemos que nossa contribuição nunca foi reconhecida. Desde novembro do ano passado até junho deste ano, enfrentamos dificuldades. Só recebemos dois meses. Por consideração aos alunos, continuamos ministrando as aulas”, revelou a professora.

“Ela simplesmente nos instruiu a encerrar em julho. Então, foi uma corrida para ajudar os alunos a encontrar outras faculdades. Quando entrávamos com processos trabalhistas, ninguém respondia do lado dela. Parece que não se importam conosco. E é assim que estamos. Foi basicamente um trabalho voluntário, pois não recebemos nada e não obtivemos retorno”, concluiu a educadora.

Pouco tempo depois, a equipe jurídica da jornalista emitiu uma declaração em suas redes sociais. “Qualquer informação circulando nas redes sociais e na mídia sobre o encerramento das atividades da Faculdade Pentágono ligada a ela é falsa e parte de uma manobra ardilosa orquestrada pelos verdadeiros responsáveis por essa situação, o que levou a jornalista a tomar todas as medidas legais cabíveis em resposta aos fatos”, afirmava o comunicado. “Através de uma manobra comercial articulada, o nome de Rachel Sheherazade foi falsamente associado à Faculdade e, principalmente, ao fechamento dos cursos ministrados pela instituição de ensino, algo que será provado pelas medidas legais que foram tomadas”, acrescentou a equipe da jornalista.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<