Projeto Repense Reuse dá nova vida a resíduos têxteis

Publicado em

Pensar em iniciativas sustentáveis tem se tornado um ponto importante para reduzir os impactos negativos causados para o meio ambiente. Ciente do seu compromisso em transformar as roupas de segunda mão em reaproveitamento, o projeto Repense Reuse atua há três anos transformando resíduos têxteis em novas peças para consumo. A iniciativa é pioneira no Brasil e escolheu a Bahia como o primeiro estado a implantar essa atividade socioambiental com foco em beneficiar a qualidade de vida e a conservação do meio ambiente, uma vez que a recolha de toneladas de têxteis evita o acúmulo nos aterros sanitários.

De acordo com o Sebrae, somente no Brasil, 170 mil toneladas de roupas e tecidos são encaminhadas para descarte, das quais apenas 20% são recicladas, o restante tem seu fim em aterros sanitários e lixões, sem qualquer cuidado. Isso demonstra que o país é um dos maiores produtores de têxteis do mundo e um dos que menos recicla.

Motivada por esses dados preocupantes e com objetivo de minimizar esse impacto, o projeto Repense Reuse dá nova vida e valor a resíduos têxteis, através da coleta desses produtos em contêineres distribuídos nos bairros de Salvador. A partir disso, as roupas passam por uma triagem para recuperação e são vendidos a preços mais acessíveis nas lojas Humana dos bairros de Itapuã e Piedade.

Cerca de 197 toneladas de resíduos têxteis foram coletados no ano de 2023 pelo Repense Reuse, cujo objetivo é o reaproveitamento máximo das peças, através das atividades de Upcycling (reutilização) que norteiam o movimento para uma economia mais circular. Destas 197 toneladas, foram gerados uma economia de emissão 1.200.755 quilos de gás carbônico, considerando que para cada quilo de têxtil coletado geramos uma economia de 6.1kg de CO2.

De acordo com a gerente de implementação do projeto, Cláudia Andrade, esse cálculo é produzido pela Humana Internacional e está em concordância com as estratégias para têxteis circulares e sustentáveis da União Europeia. “Em nosso projeto trabalhamos com dados e indicadores que mostram os impactos ambientais gerados com a gestão do prolongamento do têxtil proporcionado pelo Repense Reuse”, ressalta.

Como impactos econômicos, o projeto já gerou mais de 50 postos formais de trabalho. Além disso, o projeto apoia cooperativas de coletas de plástico e papelão, doando, mensalmente, quilos para reciclagem.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<