Rafael Vitti leva Clara Maria para assistir ao espetáculo ‘Hora do Blec’

Publicado em

Rafael Vitti aproveitou o sábado para levar a filha Maria Clara, do relacionamento com Tata Werneck, assistir ao espetáculo “Hora do Blec”, que foi idealizado por David Junior e Yasmin Garcez, além de ter Orlando Caldeira, que vive Anthony Verão em Vai na Fé, na direção.

A apresentação foi no Eco Villa Ri Happy, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro. Entre os presentes, muitos famosos levaram seus filhos, como Renato Góes, Juliana Alves, Pablo Sanábio, Luana Martau, entre outros.

Fotos: Roberto Filho/Brazil News
Fotos: Roberto Filho/Brazil News

HORA DO BLEC

“Hora do Blec” surgiu do desejo de ver no Brasil e no resto do planeta, relações sociais e ambientais respeitosas. Para isso, acreditamos que é preciso rever nossas crenças e nossos valores mais profundos, já que estes dão forma a quem somos e às nossas ações.

Uma vez que essas construções do humano começam a se desenvolver na infância, escolhemos nos comunicar com as crianças, levando a elas de forma lúdica e criativa, um olhar democrático para a vida.

Assim nasce Hora do Blec, uma turma de personagens multiétnicos com protagonismo negro que tem como foco, fazer do mundo um lugar mais harmonioso, onde as crianças possam sonhar e ser quem quiserem.

Blec é um menino de 9 anos, nascido em uma família estruturada e afetiva. Ele ativa seus superpoderes através do talismã que vive em sua cabeça, o pente garfo, que é um grande símbolo de culto à representatividade do cabelo afro. Quando Blec tira o pente garfo da cabeça, seu cabelo arma e forma o penteado que é conhecido como uma espécie de coroa, o famoso Black Power.

Assim, poderoso, ele se une ao seu clã – a amiga Yayá, a fada Lara, o amigo Yuki e o cãozinho Basquiat – na busca de viver aventuras diversas que levam sustentabilidade ao mundo.

Com o ativismo presente em Blec e em tantos outros personagens, quebramos a barreira social antiga e individualista de que vencer na vida significa chegar mais longe do que o outro, ou possuir algo que os outro não têm. Não. Para Blec e sua turma, vencer significa ter um olhar generoso para o mundo. Ter confiança em quem somos. Significa agir com nossas possibilidades e dar ferramentas a quem teve menos oportunidades. Sucesso é saber que podemos ser quem quisermos e que um mundo melhor para minorias sociais é um mundo melhor para todos.

Fotos: Roberto Filho/Brazil News
Fotos: Roberto Filho/Brazil News
Fotos: Roberto Filho/Brazil News
Fotos: Roberto Filho/Brazil News

Fotos: Roberto Filho/Brazil News

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<