Redefinindo fronteiras: A abordagem inovadora da GreenGo Capital no mercado cripto

Publicado em

Em um mercado caracterizado pela alta volatilidade, a GreenGo Capital, reconhecida gestora de criptomoedas, está estabelecendo um novo padrão de transparência no setor. Primeira empresa de ativos digitais na América Latina a divulgar relatórios mensais detalhados de suas operações, a gestora vem atraindo a atenção de investidores e especialistas do mercado financeiro.

Pioneirismo e Transparência

No universo de ativos digitais, a busca por transparência e segurança tem sido uma demanda crescente do mercado. Muitos investidores, especialmente os menos familiarizados com o mundo digital, são bombardeados com notícias negativas sobre golpes envolvendo criptomoedas, e acabam se afastando desta tecnologia.

Assim como no início da internet, os casos envolvendo golpes em compras online, por exemplo, afastavam boa parte dos consumidores de lojas físicas. Hoje, o e-commerce já representa mais de 61% das vendas no varejo, superando o mercado de lojas físicas. A GreenGo Capital acredita que as criptomoedas passarão por um processo semelhante.

“A sociedade irá naturalmente abraçar as criptomoedas, da mesma forma que fez com o e-commerce. Apesar de atrair golpistas no início, devido ao seu caráter inovador e desconhecido, a tendência é que, com o passar do tempo, o mercado se equalize e as pessoas se familiarizem com a tecnologia. As criptomoedas não são apenas uma moda passageira; elas vieram para ficar e são uma inovação que veio para revolucionar o mundo financeiro.” – Bruno Souza, CEO da GreenGo Capital.

Com uma equipe de estrategistas e analistas dedicados a identificar oportunidades no mercado de ativos digitais, a GreenGo Capital não se limita apenas à busca de retorno financeiro. Bruno Souza, fundador e CEO da empresa, destaca:

“No mundo volátil dos ativos digitais, a transparência é essencial. Na GreenGo Capital, acreditamos que um compromisso com a clareza não apenas fortalece nossa relação com os investidores, mas também eleva o padrão da indústria como um todo.”

Criptomoedas movimentaram R$154 bilhões em 2022

Em 2022, o Brasil movimentou um expressivo montante de R$154 milhões em criptomoedas, sinalizando o crescimento exponencial desse setor no país. Paralelamente, o Banco Central do Brasil começou a regulamentar a esfera, visando à segurança e à transparência nas transações. A iniciativa ganhou ainda mais legitimidade com a entrada de grandes bancos no mercado cripto, indicando uma convergência entre o sistema financeiro tradicional e o universo digital. A regulamentação e o envolvimento de instituições consolidadas poderão impulsionar ainda mais o mercado, tornando o Brasil um polo criptoestratégico na América Latina.

Desempemho acima do mercado tradicional

A gestora GreenGo Capital, que no ano passado superou a renda fixa em quase cinco vezes, tem se estabelecido como uma referência nesse mercado. Embora seu núcleo de atividades seja focado em tecnologia blockchain e criptomoedas, a empresa vai além, explorando novas fronteiras como o mercado de créditos de carbono através de sua subsidiária, SaveTheGreen. Esta diversificação não apenas adiciona um extra de liquidez ao portfólio da empresa, mas também amplia sua segurança e solidez.is um fator de liquidez para a empresa.

Comprometida com a transparência, a GreenGo Capital adotou a prática de divulgar relatórios mensais de suas operações, destacando a importância de um mercado mais aberto e responsável. Com essa postura vanguardista, a gestora pode ser o estopim para que outras empresas do setor de ativos digitais sigam pelo mesmo caminho, beneficiando todo o ecossistema e seus investidores.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<