Regina Duarte se revolta e critica obrigatoriedade de vacina para crianças

Publicado em

Na última quarta-feira (4), a atriz Regina Duarte usou as redes sociais para se pronunciar contra a obrigatoriedade da vacinação contra Covid-19 em crianças entre 6 meses e 5 anos. A adição do imunizante no Programa Nacional de Imunização (PNI) no último dia 1º de janeiro fez com que a ex-Secretária Especial de Cultura do governo Bolsonaro afirmasse que as crianças brasileiras não estão seguras. Ela também culpou os laboratórios farmacêuticos.

Em uma primeira publicação feita no perfil do Instagram, Regina Duarte compartilhou um vídeo da deputada federal Carla Zambelli, em que ela fala que a eficácia da vacina não é comprovada. Na legenda da publicação, a atriz escreveu: “Lamento muito sentir ( logo no início deste Ano Novo) que devo postar esta advertência: nossas crianças não tem segurança (por parte dos laboratórios farmacêuticos ) para serem submetidas a esta vacina contra COVID”, ela introduziu o assunto.

Em seguida, a intérprete da personagem Helena, da novela “Por Amor”, pediu para que os pais das crianças fiquem de olho nas vacinas. “Você que é mãe , pai , avô, avó, irmão , tia … a advertência é que procurem se informar sobre a BULA da VACINA que está sendo proposta às crianças brasileiras .

Regina Duarte
Regina Duarte

Pronto, falei”, escreveu Regina Duarte. A publicação recebeu mais de 28 mil curtidas e milhares de comentários concordando com o posicionamento dela.

Em uma outra postagem, a atriz se mostrou ainda mais contra o imunizante e chamou de “temerária” a obrigatoriedade da vacina em crianças a partir de 6 meses de vida. “Pelo amor de Deus, ainda está história de COVID ?! E ainda com VACINA OBRIGATÓRIA ? Não é temerário , na verdade estupidamente temerário agir assim?”, escreveu Regina Duarte. Como ilustração, ela usou um print da notícia e uma foto de um bebê que chorava ao tomar uma vacina.

Vale lembrar que nenhum malefício da vacinação contra a Covid-19 foi confirmado, muito pelo contrário. O imunizante foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e é prioridade do Governo Federal, com distribuição realizada pelo Ministério da Saúde. As vacinas contra o vírus ajudam a impedir que a doença evolua para casos mais graves ou até mesmo a morte de crianças. Outro objetivo do imunizante é bloquear novas ondas de transmissões, incluindo de novas variantes da covid.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<