Sidney Magal fala em se aposentar:”Não quero morrer no palco”

Publicado em

Sidney Magal abriu as portas do seu apartamento em São Paulo para o “Fantástico” e falou sobre a recente experiência de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no palco durante um show em São José dos Campos. Em maio o cantor foi hospitalizado por aproximadamente dez dias após a uma crise de hipertensão arterial que resultou em um “pequeno sangramento espontâneo agudo no cérebro”. O cantor se recupera sem sequelas.

SUSTO NO PALCO E NOVA PERSPECTIVA DA VIDA

Com seu característico sorriso, Magal relembrou momentos pitorescos vivido ao lado de suas fãs, como o dia em que recebeu uma carteira de doadora de sangue universal no palco. “Era porque meu sangue ferve”, brincou o cantor.

Ainda durante a entrevista Magal relembrou o dia do acidente. Ele se apresentava em São José dos Campos, no interior de São Paulo, quando passou mal e precisou deixar o palco na noite de 25 de maio.

Mesmo depois de ser socorrido o show “Rádio do Magal não foi interrompido. Sua equipe o tirou de cena e o artista deu um jeitinho de continuar a apresentação. Ele seguiu cantando, mesmo longe dos holofotes.

O artista sofreu um “pequeno sangramento espontâneo agudo no cérebro”, sem sequelas, após uma crise de hipertensão arterial. Apesar de sua paixão pelo palco, ele confessou que se assustou com a possibilidade de partir fazendo aquilo que mais ama.

Durante entrevista ao “Fantástico”, Sidney Magal relembrou o dia do acidente
Instagram @sidneymagaloficial

MUDANÇA DE HÁBITOS E RETORNO EM GRANDE ESTILO

Sidney Magal toma medicação para hipertensão há muitos anos, e agora é consciente que somente a medicação não é suficiente. “Eu sei que agora eu tenho que me comportar, sou uma pessoa que come demais, eu bebo demais. Eu amo demais. Tudo na minha vida é demais”, refletiu.

No fim de julho, Sidney Magal planeja seu retorno triunfal aos palcos. “Eu quero ver as pessoas, eu quero andar nos lugares, eu quero sentir. Vida, vida, para mim, é movimento”.

Além da volta ao palco, em sua agenda também está prevista uma novidade: a criação de um selo dos Correios com seu rosto estampado e uma exposição em sua homenagem.

“Eu quero ver as pessoas, eu quero andar nos lugares, eu quero sentir. Meu problema é sentir. Vida, vida, para mim, é movimento”, declarou.

Sobre o show que prepara para marcar o seu retorno, Magal entregou alguns detalhes: “Vou misturar os repertórios. Já numa tentativa de mostrar para as pessoas que eu posso ser mais romântico daqui para frente. Eu quero subir naquele palco exatamente da maneira que eu desci daquele palco, com aquele público cantando. Eu vibrando. Eu me movimentando. E eu com o mesmo fôlego, com a mesma energia, porque eu não quero dar para o meu público menos do que eu sempre dei”.

MAIS CAUTELA NO FUTURO

Em recente entrevista ao EXTRA, Sidney Magal falou sobre o susto enfrentado com o problema de saúde. Ele admitiu a falta de cuidado consigo mesmo e refletiu que a experiência de passar mal no palco o fez perceber a necessidade de reduzir seus excessos.

Apesar de pensar em diminuir o ritmo de trabalho e considerar a aposentadoria em um futuro não muito distante, Magal mantém o otimismo e assegura que ainda tem muito para aproveitar na vida, mesmo que não seja no palco. Agora bem mais cauteloso, ele admite que prefere deixar aos fãs a lembrança de uma carreira brilhante a permitir que a falta de energia afete sua performance.

“Eu fiquei muito assustado realmente porque digo ‘gente, será que eu vou embora assim?’ Não quero morrer no palco, apesar de amar o palco”, finalizou o cantor.

Teca Lamboglia/Divulgação Tom Brasil

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<