Tudo o que você precisa saber antes de fazer o procedimento com a Dra. Juliana Turini

A harmonização orofacial tem sido cada vez mais procurada por aqueles que desejam prevenir o envelhecimento ou rejuvenescer a aparência. Esta área da odontologia busca um perfeito equilíbrio entre o rosto do paciente, através de diversos procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos. Para entender melhor sobre este tema, conversamos com a Dra. Juliana Turini, uma renomada especialista em harmonização orofacial e estética facial.

O que é harmonização orofacial e quais são os procedimentos comuns envolvidos?

"A harmonização orofacial é uma área da odontologia que busca um equilíbrio entre as funções orais e estéticas do paciente, com foco no equilíbrio facial", explica a Dra. Juliana Turini. Os procedimentos mais comuns incluem cirurgias como a lipoaspiração mecânica de papada e bichectomia, injetáveis como o preenchimento labial, rinomodelação e toxina botulínica (botox), além de tratamentos para reestruturação e rejuvenescimento como os bioestimuladores, fios faciais e peelings.

Quem é um bom candidato para a harmonização orofacial e quem deve evitá-la?

Segundo a Dra. Juliana, "os bons candidatos são pacientes saudáveis que desejam prevenir o envelhecimento ou rejuvenescer a aparência". No entanto, é importante evitar pacientes que têm doenças não controladas ou tratadas.

Como é feita a avaliação do paciente antes da harmonização orofacial e quais são as etapas típicas do procedimento?

"É realizada através de uma consulta presencial e planejada individualmente", esclarece a Dra. Juliana. A primeira etapa envolve uma anamnese minuciosa do estado de saúde física do paciente, seguida da identificação dos procedimentos necessários e desejados pelo paciente. Em alguns casos, podem ser solicitados exames complementares antes de iniciar os procedimentos.

Quanto tempo leva para ver os resultados da harmonização orofacial e quanto tempo eles geralmente duram?

De acordo com a Dra. Juliana, o tempo para ver os resultados depende do procedimento. Alguns são imediatos, enquanto outros podem levar até 15 dias, como é o caso da toxina botulínica. A durabilidade dos resultados também varia de acordo com cada procedimento, sendo que os bioestimuladores podem durar até 25 meses.

Quais são os riscos e possíveis efeitos colaterais associados à harmonização orofacial?

A Dra. Juliana ressalta que a escolha de um bom profissional capacitado e com um bom currículo é imprescindível. "Com um bom profissional, os riscos são bem poucos", afirma. A maioria dos riscos pode ser evitada durante a anamnese do paciente, na escolha dos produtos e na quantidade utilizada.

Como escolher um profissional qualificado para realizar a harmonização orofacial e quais são as credenciais que devem ser verificadas?

"A escolha de um profissional especialista, que está sempre atualizado e com boa indicação, é fundamental", recomenda a Dra. Juliana.

Font;

Uma publicação compartilhada por Dra Juliana Turini - Harmonização Facial (@dra.julianaturini)

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Leia Mais