Yudi Tamashiro faz revelações sobre batalhas no SBT: ‘Minha cabeça explodiu’

Publicado em

Yudi Tamashiro fez um longo desabafo e avaliou sua carreira no SBT nesta sexta-feira, 4. Com mais de 20 anos de carreira, o apresentador está completando 31 anos de vida hoje.

“É muito confuso olhar para trás e pensar: ‘o que poderia ter sido diferente?’. Excluiria algumas partes de erro, mas que também me fizeram ser quem sou hoje. Me encontro em uma fase mais reservada e não me exponho tanto como antigamente. Tanto nas redes sociais, como nos lugares que frequentava. Minha rotina hoje é: igreja, trabalhar e ficar com a minha família”, contou Yudi, que se tornou cristão protestante e foi batizado em 2017.

O apresentador ficou famoso em 2005, ao comandar o programa Bom Dia & Cia, no SBT, ao lado Priscilla Alcantara.

Ele garante que só tem boas lembranças da atração, apesar de ter vivido muitas experiências para uma criança.

“As lembranças são, no geral, boas. Durante muito tempo, achei que era um absurdo viver dessa forma, porque foi muito pesado para a minha infância e adolescência. Mas hoje, olhando os desafios, só tenho gratidão de reconhecer o que vivi trabalhando na televisão desde muito novo”, afirma.

“Foi um preparo para a vida. Não tem como levantar o troféu se não passar por uma batalha. E essa é a minha oração: que as batalhas continuem acontecendo, assim como foi na minha infância, porque é a partir disso que vou conseguir levantar um troféu. Sou muito grato a tudo que aconteceu na minha vida”.

O artista também revelou ter passado por algumas batalhas. Ele chegou a gastar muito dinheiro curtindo a vida e precisou repensar seus hábitos para “recuperar sua honra” e se restabelecer financeiramente.

“Minha vida sempre seguiu em uma crescente, em questão de dinheiro, fama, conquistas. Você demora anos para conquistar, mas para estragar tudo é uma questão de meses. E foi o que aconteceu. Queria viver o que não tinha vivido, aproveitar o que não tinha aproveitado. Acabei perdendo o foco. Mas deu tempo para recuperar todas as coisas. Não só na questão financeira, mas recuperar a honra e o respeito das outras pessoas”.

“Antigamente eu queria muita aprovação, queria conhecer muitas coisas. Depois de ter vividos altos e baixos, depois de ter batido muita cabeça, me encontro feliz com a minha família, com a minha religião e isso me completa. Minha única necessidade é de pregar, palestrar, evangelizar em lugares que me conectam com meu propósito de vida”, disse ele.

Em maio deste ano, Yudi foi hospitalizado às pressas e foi diagnosticado com síndrome de burnout.

“Minha cabeça ‘explodiu’ e fui parar no hospital. Quando saí, fui para Orlando e fiquei pensando na vida, no que me fez chegar onde estou hoje. Voltei para o Brasil com a certeza de me aprofundar naquilo que me fez conquistar tantas coisas. E entrei em uma fase nova da minha vida e voltei a me reconectar”, relembra.

“Meu coração me disse para compartilhar com as pessoas, transformar isso em um produto, para que as pessoas tivessem um acesso. Aprendi muito com o Silvio Santos, com o Celso Portiolli e com a Hebe Camargo. Esse conhecimento da comunicação, as histórias que vivi. Decidi transformar isso em um curso para compartilhar com as pessoas. Dou dicas, conto histórias e falo sobre tudo que fiz para chegar onde cheguei”, finaliza.

Yudi Tamashiro (Foto: Vitor Lima/Divulgação)
Yudi Tamashiro (Foto: Vitor Lima/Divulgação)

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal ou mesmo do Portal iG.

A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<