Gabriel Martinelli estreia como titular e faz bonito

Publicado em

Já classificado para as oitavas de final, o Brasil entrou em campo pela 3ª rodada do Grupo G da Copa do Mundo com o caçulinha Gabriel Martinelli ostentando às costas a camisa 26 da Seleção Brasileira.

Um dos novatos do elenco, ele foi convocado pela primeira vez em março desse ano para as partidas contra Chile e Bolívia, nas duas últimas rodadas das Eliminatórias. A partida contra Camarões, nesta sexta, 02 de dezembro, marcou o quinto jogo pela Canarinho.

Contudo, esta foi a primeira vez como titular. O jovem, que atua no Arsenal, da Inglaterra, junto com Gabriel Jesus, participou do primeiro jogo, contra a Sérvia, mas estava no banco de reserva.

<

Formado nas categorias de base do Ituano, o atacante não era um dos favoritos para compor a lista de relacionados para o Mundial, mas desbancou nomes como Roberto Firmino e Gabigol. Em seu primeiro jogo como titular, fez bonito e se destacou em vários momentos. Ele chegou a ser considerado por internautas como o melhor em campo, apesar do placar final.

EXPERIÊNCIA NA EUROPA

Nascido em Guarulhos, em São Paulo, Gabriel Teodoro Martinelli Silva defende o Arsenal da Inglaterra, atuando na ponta esquerda da equipe de Mikel Arteta.

Martinelli atuava no Ituano-SP e foi negociado com o Arsenal aos 18 anos por 6 milhões de libras (cerca de R$ 30 milhões na cotação da época) em junho de 2019. Essa foi a maior transação da história do Ituano.

Numa trajetória diferente de outros jogadores, que costumam ser “emprestados” para ganhar experiência no futebol da Europa, Martinelli, ganhou notoriedade na equipe inglesa.

Pelo time, Martinelli soma 23 gols e 15 assistências em 103 partidas, conquistando a Supercopa da Inglaterra e Copa da Liga Inglesa. O brasileiro tem contrato até junho de 2024.

<
Gabriel Martinelli posado, de calça e camisa preta
Gabriel Martinelli atualmente joga no arsenal, da Inglaterra – Foto: Divulgação/ Adidas

INÍCIO NO FUTSÃO DO TIMÃO

A primeira experiência de Gabriel com uma equipe de futebol foi no time de futsal do Corinthians, marcando 73 gols em 139 partidas. Sempre contando com total apoio dos pais, ele migrou para o futebol de campo. Martinelli, então, se mudou para Itu, justamente começando sua carreira nas categorias de base do Ituano.

Ele assinou um contrato com a equipe principal do interior de São Paulo aos 16 anos. Após ser o artilheiro da Copinha de 2019, foi promovido ao time principal e não demorou muito para carregar os holofote, sendo eleito a revelação e um dos melhores atacantes do Estadual.

Gabriel Martinelli e os pais
Gabriel Martinelli sempre contou com o incentivo dos pais – Foto: Reprodução/ Instagram @gabriel.martinelli

Martinelli praticamente não jogou no Brasil. Como qualquer jovem que chega em um time grande, Martinelli não foi titular de cara quando chegou ao Arsenal.

O primeiro destaque veio em um clássico contra o Liverpool em partida da Copa da Liga Inglesa. Após a partida, Jürgen Klopp, treinador dos Reds, chamou o brasileiro de um dos “talentos do século”.

Com a saída de Unai Emery, demitido por resultados irregulares, Martinelli passou a ter mais espaço com Freddie Ljunberg, treinador interino durante poucos jogos, e posteriormente com Mikel Arteta, comandante do Arsenal até hoje.

Em 2021, o atacante fez parte do elenco campeão olímpico da seleção brasileira, em Tóquio. Apesar de não ter sido titular, chamou atenção do técnico Tite na seleção principal do Brasil, ganhando vaga no elenco convocado para a Copa do Mundo 2022, que acontece no Qatar.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga o EGOBrazil no Google Noticias ou EGOBrazil no Instagram.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© 2023 EGOBrazil | A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Famosos

Últimas Notícias

Leia Mais

<